Cartão de crédito usado para pagar presente do namorado

Cartão de crédito usado para pagar presente do namorado

A data é considerada a segunda melhor em vendas para o comércio.

Utilizar como forma de pagamento os meios eletrônicos tem se tornado hábito frequente entre todas as idades e em diversas datas comemorativas. No Dia dos Namorados não poderia ser diferente, o cartão de crédito tem tido destaque quando o assunto é compra.

A data é considerada a segunda melhor em vendas para o comércio, perdendo apenas para o Natal, e é aguardada pelos lojistas com muito entusiasmo e preparação. Os estoques são renovados e atualizados constantemente para que as mercadorias oferecidas não se tornem ultrapassadas.

Entre artigos comuns como flores, bombons, bichinhos de pelúcia e produtos mais audaciosos como kits românticos ou sensuais, bem como jogos de sedução, o que vale mesmo nessa data é agradar o gosto individual do parceiro. Para isso, o mercado oferece inúmeras opções de presentes e preços bastante sortidos.

Os lojistas

A empresária Marcela Pessoa, franqueada de uma grife francesa em Teresina, apostou em roupas e itens funcionais para atrair a clientela. ?Os casais apaixonados procuram dar grandes emoções aos parceiros na data mais romântica do ano. Na lista dos artigos inesquecíveis estão além dos presentes ?a dois?, roupas, acessórios de moda e opções úteis. Na nossa loja apostamos em roupas, acessórios e nos tênis, uma ótima alternativa de mimo para o 12 de junho e que estão em destaque na maison por ser um presente que alia funcionalidade, conforto e ao mesmo tempo garante estilo. É uma escolha inovadora que pode tornar a data dos apaixonados inesquecível?, destaca.

Para Luís Antônio Veloso, presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Piauí-SINDILOJAS/PI, a data reflete positivamente para o setor, que não apenas lucra, mas também consegue atender de forma satisfatória os clientes. ?O Dia dos Namorados é um momento de aquecimento do comércio varejista. Para este ano, o aumento foi previsto e está se confirmando entre 5% e 7% nas vendas de produtos utilitários, que estão tendo mais saída?, aponta o também lojista, com otimismo.

Dinheiro de plástico

A forma de pagamento mais comum neste período tem sido o cartão de crédito. Uma recente pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) revela que no primeiro trimestre deste ano, na participação por ramo de atividade, o cartão de crédito atingiu 28% no Comércio Varejista. Em segundo lugar aparece o Varejo Alimentício, com 17%, e em terceiro o Turismo e Entretenimento, com 16%.

O aumento do poder aquisitivo dos brasileiros é apontado pelo diretor de rede de cartões de crédito Credishop, Aécio Magalhães, como um dos fatores que ocasionam a crescente utilização do cartão de crédito. ?A inclusão de novos perfis de consumidores no sistema econômico é um dos principais indicadores desse cenário positivo?, conta.

Outra causa do avanço do dinheiro de plástico, como também é conhecido o cartão de crédito, como meio de pagamento está no acesso das classes C, D e E aos moldes de consumo mais significativos.

De acordo com Cândido Gomes Neto, publicitário e especialista em marketing, estamos vivendo um momento bom da economia com bastante oferta de crédito. E o poder de consumo da população representa um mercado gerador de muitos lucros. ?O credito está cada vez mais acessível e as promoções estimulam também muitos consumidores. As compras parceladas, muitas vezes sem juros, são aliadas durante o dia-a-dia?, declara.

Fonte: Ícone