Checagem constata aumento de preço em supermercados de Teresina, diz Jornal MN

Checagem constata aumento de preço em supermercados de Teresina, diz Jornal MN

Houve aumento em três dos estabelecimentos, um deles chegando a R$ 6,18 em relação à cesta do início da semana

Na auditoria desta sexta-feira, em relação aos totais de preços checados, três estabelecimentos tiveram um aumento no seu total e apenas um obteve uma queda, quando comparados com a soma encontrada na quarta.

Quanto ao ranking, o Comercial Carvalho permanece na mesma colocação da checagem de sexta passada, ou seja, a primeira colocação. Ele se mostra como supermercado mais barato para o consumidor, atingindo uma soma de R$ 181,08 e variação percentual de 0,17%, o que corresponde a um aumento de apenas R$ 0,30.

O Hiper Bompreço também continua em segundo lugar com um total de R$ 184,99 e variação percentual de -0,56% (R$ 1,04 a menos). Já o Extra fecha esta sexta-feira na mesma posição da semana passada, em terceiro lugar. Ele apresentou um total de R$ 185,93 e menor variação percentual (0,07% ou R$ 0,13).

Por fim, fechando a auditoria desta semana, o Pão de Açúcar também permanece em quarto lugar e alcançou hoje um total de R$ 196,20 para o total de produtos checados.

Em relação à variação percentual de seus preços, o supermercado fechou a semana com o maior índice (3,25%), chegando a um aumento de R$ 6,18 em relação ao início da semana. A diferença entre este supermercado e o Carvalho (primeiro colocado) ficou no valor de R$ 15,12.

ATACADOS - O ranking nos atacados continua acirrado. Tanto que a diferença entre as cestas chega a apenas R$ 3,87, uma das menores já encontradas. Na auditoria desta semana, o Atacadão ocupa a primeira posição no ranking dos mais baratos.

Com soma dos produtos na auditoria de R$ 50,93, ele teve uma variação de preços de 0,22%. Este valor representa mais R$ 0,11 na soma dos mesmos itens pesquisados na segunda-feira.

A segunda posição é ocupada pelo Maxxi, que também ficou nesta colocação na pesquisa. Este estabelecimento apresentou soma dos produtos de R$ 51,79 e uma variação de 2,09%, que corresponde a R$ 1,06 a mais que o valor obtido no início da semana.

Em terceiro lugar no ranking aparece o Makro, que nesta auditoria teve soma dos produtos de R$ 53,69. Esse atacadista teve uma variação percentual de 0,15%, ou seja, R$ 0,08 a mais do que o valor encontrado na pesquisa.

Já na última colocação, e com soma geral dos produtos checados de R$ 54,80, o Carvalho Mercadão, que apareceu na terceira colocação no começo da semana, foi o estabelecimento que apresentou um valor mais elevado dos produtos na checagem.

Com variação de 0,77%, ele teve um aumento de R$ 0,42 no valor dos produtos checados.

Fonte: Aline Damasceno e Flávia Araújo