Cheques sem fundo caem 11% em agosto

Redução foi de 11% em relação ao mês de julho. No acumulado de 2009, porém, inadimplência ainda sobe 14%

O índice da empresa Serasa Experian sobre inadimplência com pagamento em cheque, divulgado nesta segunda-feira (21), mostrou recuo de 11,3% no volume de cheques devolvidos em relação aos compensados, na comparação com julho.

Conforme o levantamento, foram devolvidos 19,6 cheques a cada mil compensados no mês de agosto, ou 1,96% do total. Em julho, as devoluções haviam atingido 2,21% dos cheques emitidos. O cheque só é considerado sem fundo, segundo a Serasa, após a segunda devolução.

De acordo com a empresa de monitoramento de crédito, a melhora da economia, acompanhada pelo crescimento do emprego, principalmente o formal, são fatores que contribuem para a redução no número de cheques devolvidos. O "efeito calendário" (o fato de agosto ter tido menos dias úteis que julho) também contribuiu.

Acumulado do ano No acumulado de janeiro a agosto de 2009, na comparação com igual período de 2008, a inadimplência com cheques cresceu 14,2%. Nos oito primeiros meses do ano, foram devolvidos 22,5 cheques para cada mil compensados (2,25%). Em 2008, o índice ficou em 1,97%.

Fonte: g1, www.g1.com.br