Piauí é o 18° em ranking de geração de empregos no País

Das dez cidades que mais criaram vagas de trabalho, nove são capitais.

Com 5.709 admissões, Teresina ficou na 18ª posição do ranking das cidades que mais geraram empregos com carteira assinada no mês de agosto. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgadas nesta quarta (16) pelo Ministério do Trabalho. Das dez cidades que mais criaram vagas de trabalho, nove são capitais.

Em agosto, na capital do Piauí, 3.737 pessoas foram demitidas e um saldo de 1.972 continuaram empregados.

Teresina ficou à frente de capitais como Maceió (AL), Aracaju (SE), de cidades como Joinville (SC) e das cidades do ABC Paulista: Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

O governo informou que, em todo o país foram criados 242 mil postos de trabalho formal em agosto, o melhor resultado deste ano. Foi ainda o melhor mês de agosto desde 1992, segundo dados da série histórica do Caged. Os números do Ministério do Trabalho são apurados em municípios com mais de 10 mil habitantes em São Paulo e mais de 30 mil para os demais Estados.

No acumulado do ano, de janeiro a agosto, foram criadas 680 mil vagas, uma queda de 62% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando a crise financeira internacional ainda não tinha atingido o Brasil e o país gerou 1,8 milhão de postos com carteira assinada.

A cidade de São Paulo foi a que mais gerou empregos com carteira assinada no mês de agosto. Depois dela, aparecem Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Fonte: Socorro Carcará