Comerciantes temem prejuízos nas vendas de artigos natalinos em Teresina

Lojistas estão pessimistas com as vendas na época considerada a melhor do ano para o comércio. Consumidores preferem ter cautela para as compras de final de ano

Teresina, ao que tudo indica, ainda não entrou no clima do Natal. Isso é percebido ao caminnhar pelo centro da cidade, que na mesma época do ano passado, estava com as ruas cobertas por enfeites natalinos.

Quem também percebe essa queda nas vendas de artigos da época são os lojistas que usam as decorações de Natal para atrair clientes e dizem que, mesmo assim, não está surtindo efeito. O período deveria ser o melhor do ano para o comércio, mas o comércio prevê um crescimento bem menor nas vendas deste ano.

A gerente de loja especializada em artigos natalinos, Karinny Amaral, sente as mudanças nas vendas. “Estão fracas em relação ao ano passado, pois as pessoas não estão comprando, estão com o pé atrás e o comércio todo está meio parado. Mas vamos ver se daqui para dezembro melhora”, ressalta.

A queda nas vendas também atinge as lojas de confecções, perfumarias e outros artigos. No início de novembro lojistas já reclamavam com a falta de clientes em suas lojas, como empresário Leonardo de Freitas Viana, que disse na época, uma das causas dessa estagnação.

“Vemos que a mudança de governo, e outros fatores, estão fazendo com que as pessoas ainda não se sentem seguras em comprar. Na nossa loja estamos com promoções para atrair clientes”, ressalta.

O problema está na maioria dos estabelecimentos da capital, conta a gerente Rocélia Barbosa, ela fez uma pesquisa que confirma essa tese: “Procuramos saber o que está acontecendo, pois não acontece só na nossa loja. Fizemos pesquisas e todos estão passando pela mesma situação, que é a baixa nas vendas”.

Mesmo com esse pessimismo, os lojistas continuam confiantes com a chegada do mês do Natal, e assim, aumentar as vendas. “Esperamos que quando chegar dezembro as coisas melhorem por conta do 13ª salário. Estamos confiantes”, finaliza a gerente de loja Karinny Amaral.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Daniely Viana