Comércio estende funcionamento a partir do dia 13 para compras de Natal

Comércio estende funcionamento a partir do dia 13 para compras de Natal

Para aquecer as vendas no período natalino, as lojas do centro vão ficar abertas em horário especial

A partir do dia 13 de dezembro, o comércio do centro de Teresina funcionará em horário especial. A mudança chega no período que antecede o feriado de Natal, para assim facilitar a circulação de consumidores, que por conta do trabalho, não podem ir ao comércio em seu horário normal. Além disso, os horários têm como objetivo aquecer as vendas durante as festividades de final de ano.

O centro abrirá durante esse período, de segunda a sexta nos horários de 8h às 20h; e das 8h às 18h, aos sábados e domingos. Alguns lojistas já preparam seu estoque durante esses dias especiais, é o que conta o gerente Ícaro Igreja. “Vamos adotar o horário, e as nossas expectativas são as melhores para que venha 80% do esperado para venda de nossos produtos”.

Assim como outros anos, a expectativa é que os setores de eletrônicos e confecções liderem as procuras, já que são produtos mais pedidos durantes o Natal e hoje, cada vez mais crianças consomem, aumentando os lucros por parte dos lojistas.

Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas de Teresina (CDL), a intenção dos horários especiais é atender melhor aos consumidores que deixaram compras de Natal para a última semana.

Outros lojistas porém, ainda esperam a chegada de clientes que ainda estão cautelosos para ir às compras. Diz a gerente Áurea: “Vamos esperar o movimento melhorar para quando chegarem os dias próximos ao Natal entrarmos em acordo”.

Lojistas confirmam lucros durante a Black Friday

Lojistas garantem saldos positivos depois da Black Friday, que ocorreu na última sexta-feira, movimentando o comércio de Teresina. Nos shoppings da capital, cerca de 100 lojas aderiram aos grandes descontos, deixando lojistas e alguns consumidores satisfeitos com as promoções.

Lojas lotadas com clientes esperando o dia das grandes liquidações. Todas essas expectativas foram supridas durante a Black Friday. É o que diz o gerente Ícaro Igreja. “As vendas foram positivas, pois tivemos aumento de 70% em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda fizemos o sábado de promoções, que o chamamos de Black Weekend”.
As vendas no final de semana da Black Friday, segundo Ícaro, foram tão boas que eles se sur

preenderam. “Ganhamos clientes novos, uns, inclusive, tiveram que esperar do lado de fora da loja, pois dentro estava lotado”, relatou o gerente que contou ainda que toda a loja estava com descontos e muitos compraram para revender.

Ainda que as vendas tenham sido boas, muitas foram as reclamações no site Reclame Aqui. Segundo dados atualizados do site, foram mais de 12 mil reclamações registradas, dentre lojas online (e presenciais) de eletrônicos, vestuário e afins de todo Brasil. Algumas lojas, anunciaram descontos oferecendo determinados tipos de pagamento e ou-tras aumentaram o preço do frete para compensar o valor final, atitude essa, alvo de reclamações por parte dos clientes.

Ranieri Flávio que mora nos Estados Unidos, não acredita nas promoções propagadas no Black Friday Brasil. “Muitos dos meus amigos reclamam de produtos quebrados ou fora do lugar. Diferentemente, aqui nos Estados Unidos, os produtos já são mais baratos nos dias normais, e durante a Black Friday diminuem ainda mais”, disse.

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Daniely Viana