Consumidor aproveita abertura do comércio para ir às compras em Teresina. Confira!

Dona Adelaide Pereira aproveitou o sábado para ir as compras

A movimentação no comércio de Teresina foi intensa durante todo o sábado. Com o tempo nublado, os teresinenses aproveitaram o dia para fazer as compras de fim de ano. No fim de semana que antecedeu o Natal, o comércio no centro da cidade funcionou até as 18 horas para garantir que as pessoas tivessem tempo suficiente para comprar. No domingo, as lojas estarão abertas até as 15 horas.

Dona Adelaide Pereira aproveitou o sábado para ir as compras. A autônoma acrescenta que nesse ano a procura das pessoas aumenta e que precisa manter os estoques em dias. ?Vim comprar confecções para abastecer minha loja. Já havia feito algumas compras, mas não foi suficiente, já que a demanda está muito grande?, afirma. Segundo ela, as promoções não estão muito grandes mas o cliente pode contar com as facilidades no pagamento.

?Não tem muita promoção não, mas andando agente encontra. O atrativo é as facilidades na hora de pagar, já que podemos dividir em suaves prestações?, destaca. Flor de Lis Peixoto seguiu o mesmo caminho de Dona Adelaíde Pereira. ?Acordei cedo e aproveitei para fazer logo as compras dos presentes de natal. Reconheço que deixei para a última hora e que por isso enfrento as lojas lotadas?, admite, justificando a falta de tempo durante a semana.

?Trabalho a semana toda e ainda tive que cuidar do marido, que está doente. Foi o único tempo que encontrei?, explica, acrescentando que os preços estão razoáveis. Mas não foram só as duas que deixaram as compras de fim de ano para a última hora. O centro da cidade estava lotado de pessoas querendo garantir os presentes de natal.

Quem optou pelo sábado pela manhã, não teve grandes problemas com a temperatura, já que a o tempo permaneceu nublado durante toda a manhã, mas em compensação tiveram que esperar um pouquinho mais para serem atendidos e fazerem os pagamentos. De acordo com o gerente de loja Francisco de Assis Bezerra, a movimentação nas lojas começam a aumentar nesse período. Mesmo com a ameaça da crise financeira, as pessoas saíram de casa para comprar, seja roupas, calçados, utensílios domésticos e eletrônicos.

?As pessoas aproveitam o 13º, um dinheirinho extra e vão as compras. A crise não chegou até aqui, já que as pessoas continuam intensificando as compras?, afirma, lembrando que as vendas que mais crescem nesse período é a parte de confecções. O gerente de loja acrescenta que foi firmado um acordo que garantiria a abertura do comércio durante dois finais de semana seguidos. ?Foi uma medida sensata, já que muitas pessoas não tem tempo durante a semana para fazer suas compras. A alternativa é apelar para o sábado e domingo. A movimentação com certeza vai ser intensa durante esses dias?, pontua. De acordo com ele, com a medida, todos acabam saindo ganhando. ?Ganha os donos da loja, os vendedores, que acabam ganhando um dinheiro extra e a população, que tem mais tempo para garantir as compras?, finaliza.

Fonte: Mayara Martins