Consumidor paga mais caro para viajar no reveillon de 2011

Consumidor paga mais caro para viajar no reveillon de 2011

Rio de Janeiro e praias do Nordeste são destinos mais procurados

Quem ainda pretende celebrar o réveillon nas belas praias da costa brasileira ou em cidades badaladas dos Estados Unidos vai precisar de doses extras de paciência, flexibilidade e dinheiro: já está difícil e mais caro encontrar passagens aéreas e falta até hospedagem para alguns dos destinos mais requisitados nesta época do ano, segundo agências de viagens consultadas.

?Está tudo cheio. Quem quiser comprar agora tem que saber que vai pagar muito caro e não vai conseguir se hospedar nos melhores lugares. Vai pesar ou no bolso ou na qualidade?, diz a gerente de produtos da agência de viagens on-line Decolar.com, Samantha Hebling. ?Para o Ano Novo já falta tanto passagem aérea quanto hotel?, estima Samantha.

Na CVC, os cruzeiros que passam a noite da virada em Copacabana, no Rio de Janeiro, já estão esgotados há pelo menos quatro meses.

Os preços de passagens aéreas para a semana da virada já estão bem "salgados" ? quando há assentos livres nos voos. Nos site da companhia aérea TAM, por exemplo, já não há passagens de São Paulo (Guarulhos) para Fortaleza para a última semana de dezembro com partida na segunda-feira (26) e retorno no domingo (1). Na Gol, há voos para esta data por R$ 3.198, fora as taxas.

Quando a mesma viagem Fortaleza-SP é feita com ida na sexta-feira (23) e a volta na quinta-feira (29) pela TAM , a tarifa é de R$ 4,261 mil, sem taxas. Em outras épocas do ano, a mesma viagem pode ser feita por cerca de R$ 1 mil. Procurada pelo G1, a TAM informou que não comenta dados de ocupação dos voos, porque são considerados informações estratégicas para companhia, que tem capital aberto.

No Decolar.com, um pacote de sete dias para a semana do réveillon em Maceió, em pousada duas ou três estrelas, que custaria R$ 1 mil em outras épocas do ano, não sai por menos de R$ 1.900.

Os mais concorridos

É difícil encontrar voos para passar a semana completa da virada do ano nas capitais Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza, Recife e praias das redondezas, como Porto de Galinhas (PE), que dependam dos aeroportos desses centros. Também é quase impossível conseguir transporte para lugares onde, além de voo, é necessário usar barcos e balsas para chegar, como Morro de São Paulo, na Bahia.

Na CVC, por exemplo, 65% dos pacotes vendidos até agora para o fim do ano são para destinos nacionais, principalmente do litoral nordestino: Porto Seguro, Natal, Fortaleza e Maceió.

Fora do Brasil, os mais disputados na CVC são destinos como Buenos Aires, Punta del Este, além da região do Caribe (destinos de praias como Cancun e Punta Cana), Estados Unidos (NY, Miami e Orlando) e Europa (em especial Paris).

O presidente da agência Agaxtour Turismo, Aldo Leoni, diz que já são raras também as opções para destinos mais requisitados nos EUA, como Nova York e Orlando.

"Para o Ano Novo você encontra alguma coisa ainda, não em horários nobres, pagando mais que o dobro", diz Leoni, que diz que uma alternativa para quem procura uma viagem para a virada é tentar pacotes.

DICAS PARA GARANTIR SUA VIAGEM DE ÚLTIMA HORA PARA O ANO NOVO

1) PROCURE PASSAGENS EM DATAS "QUEBRADAS"

A esta altura do campeonato, é mais difícil encontrar passagem para a semana completa do réveillon (de segunda a segunda ou domingo a domingo, por exemplo). Encurtar a viagem, indo mais tarde e voltando antes, pode aumentar as chances. O dia 31, este ano, cai num sábado. Viajar no próprio dia da virada pode ser alternativa para os mais ousados. "Uma tentativa de baratear é procurar voo que sai no dia 31 de manhã, por exemplo", recomenda Samantha Hebling, da Decolar.com

2) BUSQUE VOOS EM HORÁRIOS "REJEITADOS"

Para aumentar suas chances de sucesso, desista dos voos diretos, em horários cômodos e confortáveis. Compradores de última hora podem tentar a sorte procurando voos em horários considerados pouco "nobres", como as madrugadas do meio da semana, ou a própria véspera do Ano Novo. "Quer ir para Fortaleza, em vez de pegar voo direto, vai para Salvador. Voos com escala são mais baratos", diz a gerente da Decolar.com.

3) PREPARE-SE PARA PAGAR MAIS CARO

Não há como fugir: quanto mais perto da data de viagem, mais cara a passagem aérea. Quem quiser garantir a viagem precisará gastar, em média, 30% a mais do que em outras épocas do ano. "Para o ano novo agora você encontra pouca coisa, não em horários nobres, e pagando o dobro", estima o presidente da agência Agaxtour Turismo, Aldo Leoni.

4) PESQUISE PACOTES

Se você deixou para planejar a viagem de réveillon para a última hora, uma saída pode ser apelar para quem já está pensando na data há meses: as agências e operadoras de pacotes de turismo. Na opinião do presidente da agência Agaxtour Turismo, Aldo Leoni, uma boa dica é procurar pacotes que combinem hospedagem e transporte, que são comprados pelas operadoras no começo do ano e podem estar em estoque a preços mais convidativos.

5) SEJA MENOS EXIGENTE

Para não ficar sem viajar em épocas de cidades lotadas, flexibilizar as exigências é fundamental. Prepare-se para, por exemplo: pagar preço de cinco estrelas em uma pousada duas estrelas, sem mordomias; hospedar-se em um hotel perto do aeroporto, em vez daquele de frente para o mar.

6) CUIDADO COM VIAGENS INTERNACIONAIS

Viagens para o exterior são mais difíceis de fazer de última hora: precisam de providências como visto, documentação e vacinas. Verifique as exigências do país de destino antes de comprar a passagem aérea. "Dependendo do destino precisa tomar vacina e esperar até dez dias antes de viajar, então não dá mais tempo", alerta a coordenadora da Pro Teste, Maria Inês Dolci.

Fonte: G1