Copa de 2010 teve lucro 50% maior que 2006

O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, informou que a entidade obteve 50% a mais de receita que no torneio de 2006.

A Copa do Mundo da África do Sul, pelo menos comercialmente, já é melhor do que a realizada há quatro anos, na Alemanha. O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, informou que a entidade obteve 50% a mais de receita que no torneio de 2006.

"Comercialmente foi um êxito. Aumentamos nossa receita em 50% em comparação com a Alemanha", assegurou Valcke, durante a inauguração dos tribunais especiais que a África do Sul abriu para julgar todos os delitos ou ofensas relacionados com a Copa, em declarações publicadas pela agência sul-africana Sapa.

Segundo Valcke, a Fifa investirá o lucro em programas de desenvolvimento do futebol, já que 80% dos países africanos, de acordo com o dirigente, não teriam futebol se não fosse pelo incentivo da entidade.

"Se a Fifa não tivesse dinheiro, o futebol como conhecemos acabaria", afirma Valcke, se defendendo das críticas feitas à organização por seu excessivo interesse financeiro, o que a teria levado a organizar a Copa pela primeira vez na África.

Por outro lado, o secretário-geral disse que a entidade máxima do futebol deseja que os tribunais especiais inaugurados nesta quinta-feira não tenham que trabalhar, o que seria um bom sinal de como estão funcionando as coisas no Mundial sul-africano.

Fonte: Terra, www.terra.com.br