Crescimento de vendas no varejo do Piauí passa de 4%, diz IBGE

O Piauí figurou na lista das maiores altas.

O volume de vendas do comércio varejista do país em novembro, na comparação com o mês anterior, aumentou 1,3%, segundo divulgou, nesta quinta-feira (12), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a novembro de 2010, o crescimento foi de 6,8%. No ano de 2011, o indicador acumula alta de 6,7% e, em 12 meses, de 7%. Em outubro, o volume de vendas não havia registrado variação.



Quanto à receita nominal, o aumento em novembro também foi de 1,3%. Em relação a novembro de 2010, o aumento é de 10,9%. Já no ano, a alta acumulada é de 11,7% e, em 12 meses, de 12,1%.

Em novembro, entre as dez atividades pesquisadas pelo comércio ampliado, nove tiveram alta nas vendas, com destaque para o segmento de livros, jornais, revistas e papelaria (8,6%), equipamentos de escritório, informática e comunicação (6,0%), veículos e motos, partes e peças (4,6%) e combustíveis e lubrificantes (1,6%), entre outros. A única queda foi verificada no setor de vendas de tecidos, vestuário e calçados (-0,5%).

Na análise por região, o comércio registrou aumento nas vendas em 25 estados e queda em dois na comparação com outubro. Os principais resultados partiram de Maranhão (6,4%), Acre (6,3%), Mato Grosso (5,8%), Tocantins (4,0%) e Piauí (4,0%). Na contramão, estão Ceará (-1,7%) e Amapá (-0,4%).

Em relação a novembro de 2010, todas as Unidades da Federação viram o volume de vendas do comércio aumentar, com as maiores altas partindo de Tocantins (20,9%), Roraima (17,5%), Paraíba (13,1%); Maranhão (11,8%); e Paraná (11,6%).

Fonte: G1