Dono da TelexFree é preso por fraude bilionária por criar esquema pirâmide

Os donos da TelexFree LLC foram acusados criminalmente pela promotoria federal dos Estados Unidos

Os donos da TelexFree LLC foram acusados criminalmente pela promotoria federal dos Estados Unidos na última sexta-feira. Segundo informa o Wall Street Journal, James Merrill e Carlos Wanzeler vão responder pela criação de um esquema pirâmide focado em imigrantes, que operou cerca de US$ 1 bilhão.

Merrill foi preso ontem, mas Wanzeler possivelmente já fugiu dos EUA, de acordo com a promotora Carmen Ortiz. Conforme a acusação, Merrill teria transferido US$ 3 milhões da TelexFree para sua conta pessoal, e Wanzeler outros US$ 7 milhões. A empresa, que alega fazer marketing multinível com a venda de planos Voip, entrou em processo de falência nos EUA em abril.

?A abrangência desta suposta fraude é de tirar o fôlego. Os acusados formaram um esquema que tirou centenas de milhões de dólares de trabalhadores esforçados?, afirmou Ortiz. A TelexFree afirma ter cerca de 700 mil ?sócios? no mundo inteiro.

Brasil

A TelexFree está proibida de operar no Brasil desde o ano passado. Na última semana, a empresa foi multada em R$ 5,59 milhões por desrespeitar o Código de Defesa do Consumidor e fazer propaganda enganosa. Segundo o Ministério da Justiça, a empresa omitiu informações sobre os serviços "prometeu lucros rápidos e fáceis, e induziu o consumidor em erro".

Nas investigações foram identificadas cláusulas abusivas nos contratos de adesão. A TelexFREE, por sua vez, informou aos órgão de fiscalização que é uma empresa de marketing multinível e que seus divulgadores publicavam anúncios na internet, comercializavam pacotes de telefonia, e eram remunerados por esse serviço. De acordo com o ministério, a empresa não tinha autorização do órgão regulador para comercialização de tais serviços.

Fonte: Terra