Economia mundial decolará no fim de 2009, diz diretor gerente do FMI

""O crescimento voltará a decolar no fim do próximo ano, embora ainda haja muitos riscos""

A economia mundial voltar? a decolar no fim de 2009, embora at? l? ningu?m possa descartar a possibilidade de uma "nova cat?strofe" financeira, afirmou o diretor gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, em entrevista publicada nesta sexta-feira (21) pelo jornal franc?s Le Parisien.

"O crescimento voltar? a decolar no fim do pr?ximo ano, embora ainda haja muitos riscos, como o de uma nova cat?strofe no mundo das finan?as", afirmou o chefe do Fundo Monet?rio Internacional (FMI).

Strauss-Kahn considerou tamb?m que h? um risco "real" de o cr?dito "n?o voltar a decolar" e que, por isso, "? leg?timo pressionar os banqueiros para obrig?-los a emprestar".

"Os banqueiros emprestaram dinheiro a qualquer pessoa sem medir os riscos e agora est?o t?o assustados que n?o emprestam a mais ningu?m", declarou.

Strauss-Kahn disse que o papel do FMI n?o ? salvar o "capitalismo mundial" e comentou que a maioria dos dirigentes do planeta "n?o mediu a dimens?o da crise e, portanto, n?o reagiu como devia a ela at? meados deste ano".

Ele admitiu que o mundo est? vivendo uma "crise do capitalismo", embora ela n?o anuncie o fim da economia de mercado. "O que est? em queda ? o liberalismo desenfreado, o ego?smo e a desregulamenta??o em todos os ?mbitos", disse.

"Esta ? a primeira verdadeira crise mundial, mas provavelmente n?o ser? a ?ltima", afirmou Strauss-Khan.

Fonte: g1, www.g1.com.br