Eike Batista se reúne com CEO da Apple e fala sobre produção

Eike Batista se reúne com CEO da Apple e fala sobre produção

Conversa girou em torno da produção da companhia americana no Brasil

O empresário Eike Batista disse, no final da noite de terça-feira (7), que se reuniu com Tim Cook, CEO da Apple, e conversou sobre a produção da Apple no Brasil. Batista falou sobre o contato com Cook em seu perfil no Twitter.

?Acabo de encontrar o Tim Cook, da Apple. Adorei! Acredito que sob sua liderança, a Apple continuará surpreendendo?, tuitou o empresário. ?Com a Foxconn, da Apple, no Brasil será possível oferecer produtos a custos civilizados?, afirmou.

Segundo Batista, a conversa passou pela montagem dos produtos da companhia no Brasil, que seria feita pela Foxconn. O site entrou em contato com a EBX, de Eike Batista, e a companhia ainda não confirmou a reunião.

Em abril de 2011, a Foxconn anunciou um investimento de cerca de US$ 12 bilhões no Brasil nos próximos anos. A companhia, que já está instalada em Jundiaí, ainda não confirmou se produz o iPad ou o iPhone no Brasil.

Quando era Ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante disse que um dos principais problemas para a implantação da montagem no Brasil do iPad, da Apple, era encontrar um sócio brasileiro capacitado.

Apesar dos esforços do ministério para garantir a instalação da fábrica, ainda havia dificuldades no projeto incluindo fornecimento de energia, mão de obra qualificada e parceiros locais, disse Mercadante, em setembro de 2011.

"Potencial no Brasil"

Tim Cook disse, no início de janeiro, durante anúncio do resultado fiscal da Apple, que "há grande potencial [de investimento] no Brasil " e que "já começamos a investir mais no país".

"Atualmente, vendemos [os produtos] no Brasil por meio de nossa loja on-line, revendedores autorizados e com parcerias de operadoras de telefonia móvel. Focamos nossos esforços no mercado chinês, o que não significa que não olhamos para outros mercados. Depois da China, o segundo país da lista [a receber grandes investimentos] é o Brasil", disse Cook.

Fonte: G1