Entrada de dólares supera saídas em US$1 bi

Entrada de dólares no país supera saída em US$ 1 bi até o dia 25

O fluxo de dólares para o país (já descontadas as retiradas de divisas) ficou positivo em US$ 1,06 bilhão, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira. Até o dia 18 de setembro, o movimento era contrário (saída de moeda maior que entrada) e o fluxo cambial estava negativo em US$ 978 milhões.

O setor financeiro -- que inclui aplicações, investimentos, gastos e remessas de lucros-- registrou fluxo positivo --maior entrada de dólares do que saída- em US$ 3,613 bilhões, o que compensou o resultado negativo na área comercial de US$ 2,553 bilhões. No acumulado do ano, o fluxo cambial está positivo US$ 7,953 bilhões. No mesmo período do ano passado, o saldo era positivo em US$ 17,393 bilhões.

No ano, o fluxo das operações financeiras é negativo em US$ 828 milhões, compensado pelo saldo positivo de US$ 8,781 bilhões no comércio exterior. Reservas O Banco Central divulgou também dados relativos às intervenções da autoridade monetária no mercado de dólar.

Em setembro, o Banco Central comprou US$ 3,24 bilhões no mercado de dólar à vista, valor que afeta os níveis das reservas internacionais, que até o dia 28 estavam em US$ 223,653 bilhões. Desde maio, o BC já comprou US$ 14,024 bilhões no mercado.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br