Especialistas falam que melhor período para achar emprego é antes do Carnaval

Especialistas falam que melhor período para achar emprego é antes do Carnaval

Agências de trabalho buscam desempregados

Quem está desempregado e não tem ideia sobre como começar a procurar trabalho deve saber que as agências de recolocação de profissionais estão recrutando neste começo de ano. O R7 conversou com algumas empresas localizadas no centro da capital paulista e agora alerta o desempregado: o mercado está aquecido, e antes do Carnaval a concorrência é menor.

A analista da RH Brasil, Marcella Bertoncini, diz que ?é até difícil? encontrar candidato nessa época do ano.

- É um pouco de crença achar que o ano começa depois do Carnaval.

A analista de recursos humanos Andressa Held de Antoni, que pediu para não divulgar o nome da empresa em que trabalha, conta que os cargos operacionais estão em alta, principalmente de vendas e promoção de produtos.

Trabalhos temporários, como promotores de venda em supermercados, auxiliares administrativos e outros tipos de mão de obra que exigem nível técnico são mais fáceis de conseguir pelas agências. Geralmente os salários variam de R$ 600 a R$ 1.000, com carteira assinada. Estágios também estão em alta, porque o ano letivo vai começar agora.

Segundo Marcella, é mais difícil conseguir trabalhos que paguem valores superiores a R$ 4.000, como vagas executivas e gerenciais.

- As empresas têm procurado enxugar o quadro.

As profissionais dizem que o retorno das agências demora um pouco; há casos em que a pessoa espera um mês para ser chamada para as primeiras entrevistas. Além disso, quem consegue começar um processo seletivo gasta semanas ? e até meses ? para chegar à fase final. Por isso, Marcella avisa que não se deve esperar para começar a buscar trabalho.

- A partir do momento em que a pessoa tem interesse [em trabalhar] já tem que colocar o currículo [no mercado].

Nenhuma das agências ouvidas pela reportagem cobra dinheiro dos entrevistados. Quando contratados, a empresa de recolocação recebe uma comissão do contratante.

Fonte: R7, www.r7.com