Etiqueta para receber bem a família no Natal

Se quiser fazer bonito nas festas, confira as dicas dessas especialistas

Etiqueta para receber a família no Natal

Se quiser fazer bonito nas festas, confira as dicas dessas especialistas

iG São Paulo

A comemoração se aproxima e você, como toda boa brasileira, deixou para organizar tudo na última hora? Se te faltou tempo para planejar a ceia da véspera e o almoço do dia seguinte, não se desespere! O iG entrevistou duas consultoras pessoais para te ensinar a fazer uma confraternização impecável, e o melhor, sem cometer nenhuma gafe!

Ah, o Natal! Época em que toda a família se reúne para trocar presentes, para colocar os assuntos de um ano inteiro em dia, para rever aquele primo distante que, desde a ceia passada, não via, e claro, para deliciar-se nas guloseimas maravilhosas que toda boa comemoração de 25 de dezembro tem. No ano passado a confraternização foi na casa de sua mãe e neste o plano era de ser na de sua irmã. Porém um imprevisto aconteceu e a festa foi transferida para a sua casa. E agora? Como preparar uma ceia de Natal em tão poucos dias? Como adaptar o espaço para receber as crianças? O que servir? Enfim, como organizar corretamente um evento tão especial e significativo para sua família, sem cometer um errinho sequer? Entrevistamos a consultora pessoal Heloisa Sundfeld, diretora da Help Personal Assistant, e a personal organizer Eliete Teixeira, do Organize-se.com, para ensinar tim tim por tim tim para você, a anfitriã da vez. Veja as dicas, anote todas e mão na massa, quer dizer, na ceia!

Convites: o carro chefe

A primeira atitude que precisa ter para organizar uma festa impecável é priorizar os convidados. Falar da festa apenas por um e-mail não é muito elegante. O ideal é convidar pessoalmente ou com um impresso especial. Caso não seja possível entregar, ligue para a pessoa. Ela se sentirá importante e com certeza vai comparecer à ceia.

Limpeza geral

Prepare a casa para receber seus convidados fazendo uma bela faxina. Sim, isso é etiqueta! Fazer uma limpeza em todos os cômodos, descartando tudo aquilo que não é mais usado e também aqueles objetos quebrados, que não foram consertados neste ano, são os primeiros passos. Vale dar uma atenção especial para os armários. Neles, você pode encontrar muitos objetos que podem ser descartados para dar lugar a outras coisas, como os alimentos da ceia ou os presentes da criançada. Na hora de arrumar este espaço, lembre-se: ?os armários devem ser organizados de maneira que tudo fique fácil para ser encontrado?, explica a consultora pessoal Heloisa Sundfeld. Ela ensina ainda que, na hora da arrumação destes compartimentos, separe-os em quatro segmentos: ?reciclar?, ?consertar?, ?doar? e ?descartar?. Em seguida, encaminhe cada segmento para o local mais adequado e pronto.

Dica importante: aproveite para, na medida em que for descartando estes objetos, jogue fora também sentimentos, pensamentos, raivas, rancores e tudo aquilo que lhe incomoda. Isso fará com que o ambiente fique muito mais receptível e confortável.

Decoração na medida certa

A personal organizer Eliete Teixeira diz que a decoração é importante, mas nada de exageros. ?Faça uma bela decoração, mas que seja singela. Não enfeite demais, para não correr o risco de ficar visualmente poluído?. Outro ponto importante é afastar todos os móveis que interferem a passagem das pessoas. ?O ideal é retirar dos ambientes de maior transição objetos de valor e que podem se quebrar facilmente?, ensina a personal. Com certeza, isso vai evitar um possível desconforto se uma das crianças esbarrarem, sem querer, naquele vaso caríssimo que trouxe da Itália.

E a consultora pessoal Heloisa completa que na hora de decorar, é preciso usar a criatividade. Uma ótima sugestão é utilizar fitas vermelhas ou verdes, fazendo laços e distribuindo pela casa, ou até mesmo enfeitando algum objeto que exista nos ambientes utilizados na confraternização.

De olho no relógio

Verifique com cautela os horários do amigo secreto, se for fazer e também da ceia, porque nem todos ceiam à meia noite e é preciso respeitar isso. Isso vai evitar que um familiar fique com aquele rostinho bravo de tanta impaciência de esperar. Por isso, pergunte antes a todos os seus convidados se há ou não alguma restrição quanto a horários.

Na hora da ceia

Para ser mais prático, uma ótima opção é oferecer um self service. Até pela falta de tempo em cozinhar, contratar uma empresa especializada é uma ótima pedida. Mas caso você prefira fazer, a dica dada por Eliete é preparar logo pela manhã, para não atrasar a festa e, claro, oferecer comidas fresquinhas. Outra sugestão importante é deixar na mesa ?os doces separados dos salgados e esta, separada da mesa de bebidas?, ensina a personal.

Evite o desperdício: é muito indelicado

Um outro alerta feito por nossa consultora Heloisa é evitar o desperdício de alimentos. Oferecer uma ceia farta é muito bom, mas às vezes apenas para o ego. ?Temos um péssimo costume, fazer a ceia parecida com dos europeus e americanos, com peru, tender ou outros alimentos que, por serem quentes e gordurosos, não combinam com nosso clima. O aconselhável é ceiar com refeições mais leves e saudáveis, com saladas, pratos frios ou até mesmo uma outra opção de prato quente. Normalmente, é o que as pessoas preferem?, reforça.

Cantinho das crianças

É fato: Natal lembra Papai Noel, que lembra crianças, que lembra bagunça. Por isso, para não ser surpreendida prepare um espaço especial para elas, com vídeo game, joguinhos, quebra-cabeças, bonecas ou carrinhos. Se neste espaço estiver montada também a árvore de Natal com os presentes embalados é melhor ainda. Elas ficarão entretidas em descobrir o que é o Noel trouxe.

Mais algumas sugestões de etiqueta

? Pedir para seu convidado trazer um prato ou uma bebida para complementar a ceia é extremamente aceitável. Não se incomode com isso, principalmente se a pessoa se oferecer para ajudar.

? Consulte a previsão do tempo antes para não preparar um espaço externo e ser surpreendida com chuva ou vento forte. Caso seja o lugar mais apropriado para a festa, pense em uma cobertura e não passe vergonha.

? Música é permitida e sempre alegra o ambiente. Mas cuidados com os estilos escolhidos. Nem sempre agrada a todos. O ideal é manter um som ambiente, respeitando o gosto dos convidados.

? ?Não se esqueça da ventilação. Haverá muitas pessoas juntas e lembre-se: estamos no verão?, finaliza Eliete.

? E por fim: não abuse da bebida alcoólica. Tudo bem que é uma comemoração em família, mas nada de exageros.

Sugestões anotadas? Agora é só colocar em prática e arrasar na festa de Natal

Fonte: AE