Exportações de produtos do Piauí ultrapassam o valor de US$ 31 milhões de dólares

Exportações de produtos do Piauí ultrapassam o valor de US$ 31 milhões de dólares

Os produtos mais negociados no exterior foram as ceras vegetais

As exportações piauienses alcançaram a marca de US$ 31,024 milhões de janeiro a abril deste ano. O resultado é 12,62% inferior a igual período do ano passado, segundo dados fornecidos pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

O baixo desempenho é resultado da queda nas exportações de ceras vegetais, pilocarpina, algodão e mel natural, os principais produtos da pauta de comércio exterior do Estado. A soja, apesar da quebra da safra nos Cerrados, vem conseguindo exportar um volume maior do que no ano passado.

A China permanece como principal comprador dos produtos piauienses. Do volume total negociado este ano, US$ 9,6 milhões vieram dos chineses. A Alemanha, com US$ 3,8 milhões, e Arábia Saudita, com US$ 3,5 milhões, foram os principais parceiros comerciais do estado nos quatro primeiros meses de 2013. Em seguida aparece os Estados Unidos, com US$ 2,8 milhões, o Japão, com US$ 2,5 milhões, Coreia do Sul, com US$ 1,291 milhão, e Indonésia, com US$ 1 milhão.

Os produtos mais negociados no exterior foram as ceras vegetais, com 2,260 milhões de quilos, e soja, com quase 10 milhões de quilos. As vendas de ceras vegetais renderam cerca de US$ 12,7 milhões e as de soja, US$ 5,3 milhões.

As principais empresas exportadoras são Brasil Ceras, Foncepi, Bunge Alimentos, Cargill Agrícola, Pontes Indústria e Comércio, Ipê Agroindustrial, ADM do Brasil, Rodolfo Moraes, Nutrade Comercial e CGG Trading.

Fonte: CCOM