Famosos, como Xuxa, aumentam fortuna com empreendedorismo

O espírito empreendedor é bastante comum entre os famosos.

14/03/2012 - 09:30
Angélica também é exemplo de empreendedorismo
Angélica também é exemplo de empreendedorismo
Foto: Reprodução

Algumas celebridades não se destacam apenas por suas aparições na TV, eventos e colunas sociais. Há quem aproveite a exposição, a rede contatos ou os recursos adquiridos com a fama e invista em um negócio próprio.

O espírito empreendedor é bastante comum entre os famosos. O nadador César Cielo e o ator Caco Ciocler, por exemplo, decidiram investir na gastronomia e ambos são sócios de restaurantes na capital paulista. O atleta responde pelo Original da Granja, na Zona Sul, enquanto o ator administra o Biondi, na Zona Oeste, junto com o amigo Bruno Previato.

O piloto Lucas di Grassi e o ex-piloto de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi apostaram no ramo de marketing esportivo. Di Grassi é sócio da One International Sport Business, enquanto Fittipaldi é dono da marca que leva seu sobrenome e investe também em aluguel de carros de luxo e iates, além de estampar o nome em assessórios automotivos, óculos e relógios.

A lista conta com outros grandes nomes, como o do apresentador Ratinho, dono do Grupo Massa, o skatista Bob Burnquist, que lançou recentemente um jogo para smartphones e tablets, o “Bob Burnquist’s Dreamland”, a apresentadora Xuxa Meneghel, dona da Xuxa Produções e do parque de diversões Mundo da Xuxa e a apresentadora Angélica, sócia do site baby.com.

O apresentador Gugu Liberato é o proprietário da rede de postos Graal, com mais de 40 unidades em rodovias da região Sudeste, afirma que o empreendedor precisa estudar a área em que pretende ingressar antes de abrir um negócio. “O Brasil é um país cheio de oportunidades. Identifique aquelas que se enquadram com seu perfil e realidade e vá a luta."

FONTE: UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo