Feirão da Caixa começa em SP com imóveis a partir de R$ 30 mil

Feirão da Caixa começa em SP com imóveis a partir de R$ 30 mil

Começa nesta quinta-feira em São Paulo o 5º Feirão da Casa Própria promovido pela Caixa Econômica Federal na cidade. O evento oferece cerca de 100 mil imóveis entre R$ 30 mil e R$ 1,5 milhão, para quem quer morar tanto na capital como na Grande São Paulo. Participam 130 construtoras e 133 imobiliárias, além da prefeitura, do governo do Estado e dos cartórios. Na última semana, a feira foi realizada no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Uberlândia e Curitiba.

Segundo o banco federal, 38.589 imóveis apresentados no evento são novos ou em construção e 62 mil são usados. A instituição estima que cerca de 150 mil pessoas passarão pelo Centro de Exposições Imigrantes, na zona sul da capital paulista, até o domingo. Além disso, a Caixa espera aumentar em 10% o volume de negócios encaminhados, que alcançou 21,5 mil no ano passado, com um volume de recursos da ordem de R$ 1,4 bilhão.

Aproximadamente 1,2 mil empregados da Caixa prestam atendimento para esclarecer as modalidades de financiamento que podem chegar a até 100% do imóvel, em um prazo de 30 anos. As taxas de juros variam entre 4,5% e 11% ao ano. Quem tiver renda familiar entre três e dez salários mínimos também pode se beneficiar com os incentivos do programa habitacional do governo (Minha Casa, Minha Vida). Para famílias que ganham até três salários, as inscrições no programa não serão feitas no local, apenas pela prefeitura.

Durante o evento, é possível fechar o negócio e dar entrada nos papéis do financiamento. Para agilizar a aquisição da casa própria, a Caixa recomenda que o candidato a um financiamento leve documento de identidade, CPF e comprovante de renda (três últimos holerites ou seis últimos caso receba hora extra). Se o candidato não tem renda formal deve levar documentos que comprovem o rendimento, como pagamento de aluguel, cartão de crédito e extratos bancários dos últimos três meses. A entrada no evento é gratuita.

Todos os imóveis ofertados nos feirões têm financiamento garantido pelo banco federal, por meio da Carta de Crédito FGTS ou Carta de Crédito Caixa. No caso de imóveis comprados pela Carta de Crédito FGTS, a renda do trabalhador não pode exceder R$ 4,9 mil e o imóvel precisa estar avaliado em até R$ 100 mil para regiões metropolitanas. Já a outra modalidade não tem limite máximo de renda e de valor do imóvel.

Confira o horário e endereço do feirão em SP:

Data: 21 a 24 de maio

Horário: das 10h às 21h (quinta-feira a sábado) e das 10h às 18h (domingo)

Local: Centro de Exposições Imigrantes - Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 (a 850 m do Terminal Jabaquara, onde um microônibus gratuito entre a estação do metrô e o local do evento funcionará)

Fonte: AE