Gasolina é bem mais vantajosa que o etanol no Piauí

Gasolina é bem mais vantajosa que o etanol no Piauí

No Piauí o preço do etanol é 90,14% do valor da gasolina) e em Rondônia (88,86%).

Os preços do etanol hidratado praticados nos postos brasileiros caíram em todos os 26 Estados e no Distrito Federal, de acordo com dados coletados pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) na semana terminada no dia 27. Na média do Brasil, tanto faz etanol ou gasolina.

Em São Paulo, maior Estado consumidor, a queda foi de 4,12% na semana. No período de um mês, as cotações do etanol recuaram 20,64% nos postos paulistas. A maior queda semanal foi verificada no Paraná, de 9,62%, seguido de Mato Grosso, com 7,88%, e Distrito Federal, com 6,69%.

O preço médio em São Paulo ficou em R$ 1,696 por litro, ante R$ 1,769 na semana anterior. No Paraná, o preço médio ficou em R$ 1,738 - ante R$ 1,923 da semana passada. No período de um mês, a maior queda foi verificada no Estado de Mato Grosso, onde a cotação média recuou 30,37%, seguida do Paraná, com 23,57%.

Na média de preços do Brasil, a gasolina atingiu o equilíbrio com o etanol, de acordo com a ANP. Em relação à média do preço da gasolina no país, que foi de R$ 2,813 por litro, o preço do etanol é competitivo até R$ 1,969 por litro. Como o preço médio do álcool está em R$ 2,076, os preços dos dois combustíveis estão na faixa de indiferença, entre 70% a 70,5%.

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1,37 por litro, no Estado de São Paulo. O preço máximo foi de R$ 2,99 por litro, registrado no Rio Grande do Sul. Na média de preços, o menor preço médio foi R$ 1,589 por litro, registrado em Mato Grosso, e o maior preço médio foi registrado em Rondônia, a R$ 2,649 por litro.

Gasolina ainda compensa?

Apesar da queda na média nacional, em 22 Estados e no Distrito Federal ainda é mais vantajoso abastecer com gasolina. O etanol é competitivo nos Estados do Paraná, São Paulo, Goiás e Mato Grosso.

A volta da competitividade do etanol nestes Estados do Centro-Sul reflete a entrada de maior volume de etanol no mercado com o avanço da safra 2011/12. A queda nos preços ao produtor já é registrada há quase um mês, e agora esse valor menor começa a chegar às bombas.

A vantagem do etanol é calculada considerando-se que o poder calorífico do motor a álcool é de 70% do poder nos motores à gasolina. De acordo com os dados da ANP compilados pelo AE-Taxas, em São Paulo, o preço do etanol está em 62,15% do preço da gasolina. Em Goiás, a relação é de 64,60% e em Mato Grosso, de 57,20%. No Paraná, a relação é de 64,47%. A gasolina está mais vantajosa principalmente no Piauí (preço do etanol é 90,14% do valor da gasolina) e em Rondônia (88,86%).

Fonte: R7, www.r7.com