Gates ocupa o topo da lista dos mais ricos da Forbes novamente

Gates ocupa o topo da lista dos mais ricos da Forbes novamente

Mais jovens estão acumulando riqueza a um ritmo mais rápido do que os nascidos durante o baby boom pós Segunda Guerra Mundial, diz revista

Os 400 norte-americanos mais ricos estão significativamente mais ricos em 2013 do que no ano passado, e os mais jovens estão acumulando riqueza a um ritmo mais rápido do que os nascidos durante o baby boom pós Segunda Guerra Mundial, de acordo com dois relatórios divulgados nesta segunda-feira.

A lista anual Forbes 400, com os mais ricos dos Estados Unidos, mostrou que a riqueza total subiu 19% na comparação anual para US$ 2,02 trilhões, ante US$ 1,7 trilhão no ano anterior, com um patrimônio líquido médio de US$ 5 bilhões por pessoa, acima dos US$ 4,2 bilhões de 2012.

Bill Gates ocupou o topo da lista por outro ano, com um patrimônio líquido de US$ 72 bilhões, aos 57 anos. Ele foi seguido por Warren Buffett, que foi o maior ganhador apesar de ter doado US$ 1 bilhão no ano passado, somando US$ 12,5 bilhões à sua fortuna, que alcançou US$ 58,5 bilhões. A idade média da lista foi de 66 anos, segundo a editora sênior da Forbes, Kerry Dolan.

Apenas 32 dos selecionados tinham 48 anos ou menos. Muitos dos bilionários mais jovens são nomes conhecidos que fizeram suas fortunas na indústria de tecnologia - Mark Zuckerberg (20º), do Facebook, Michael Dell (25º), da fabricante de computadores de mesmo sobrenome, Jerry Yang (327º), do Yahoo, Elon Musk (61º), da Tesla Motors, e Larry Page e Sergey Brin (13º e 14º), do Google.

- É preciso um longo tempo para construir uma empresa que vale bilhões de dólares - a menos que você tenha herdado isso - disse Dolan.

Distância de gerações

Um outro estudo também jogou nova luz sobre a mais nova geração de milionários nesta segunda-feira. O Milionários em Perspectiva, da empresa de serviços financeiros Fidelity, mostra que os ricos da geração X e da geração Y estão ganhando mais dinheiro e acumulando mais ativos do que os milionários baby boomers.

O salário médio é de US$ 677.000 para aqueles com 48 anos ou menos, ante US$ 198.000 para os mais velhos, sendo que os ativos totais médios somam US$ 5,7 milhões no primeiro grupo, contra US$ 5,2 milhões no segundo.

- Eu acho que o jogo mudou - disse Brian Dombkowski, vice-presidente de investimento da consultoria Sand Hill Global Advisors, uma empresa de Palo Alto, na Califórnia, que gerencia US$ 1,25 bilhão em ativos de clientes.

A Fidelity pesquisou 542 famílias com mais de US$ 1 milhão em ativos para investimento em maio de 2013, e pela primeira vez na história de seis anos do relatório, houve uma distância suficiente entre gerações para permitir análises comparativas. Os baby boomers (nascidos antes de 1965) representaram cerca de 86% da amostra, sendo que 14% eram das gerações X e Y (nascidos após 1965).

Fonte: Globo