Gol Linhas Aéreas anuncia prejuízo de R$ 474 milhões no terceiro trimestre de 2008

O prejuízo líquido é mais do que o dobro do registrado no segundo trimestre

A Gol Linhas A?reas teve preju?zo de R$ 474,3 milh?es no terceiro trimestre deste ano, segundo resultados preliminares do desempenho da empresa divulgados ontem. O resultado inclui as despesas financeiras e obedece aos padr?es cont?beis brasileiros (BR Gaap).

O preju?zo l?quido ? mais do que o dobro do registrado no segundo trimestre (R$ 216,7 milh?es) e seis vezes superior ao verificado no primeiro trimestre (R$ 74 milh?es). Nos tr?s trimestres, o preju?zo total foi de R$ 765 milh?es.

Segundo a Gol, o preju?zo ? efeito da varia??o cambial negativa, ou seja, da alta do d?lar, sem impacto sobre o caixa da companhia. As perdas com opera?es de hedge (prote??o) somaram R$ 48 milh?es.

Anteriormente, a empresa j? havia informado que teria perdas com opera?es de hedge contra a varia??o do pre?o do petr?leo. Essas perdas foram incorporadas ao resultado financeiro.

Os resultados trimestrais da Gol foram divulgados somente na tarde de ontem, depois de dois adiamentos. A divulga??o, prevista para o dia 7 deste m?s, havia sido transferida para o dia 14, ap?s o fechamento do mercado. Hoje, o presidente da empresa, Constantino de Oliveira J?nior, vai apresentar os n?meros para os investidores.

A apresenta??o da Gol utiliza tamb?m o padr?o cont?bil americano (US Gaap). Por ele, o preju?zo l?quido no terceiro trimestre foi de R$ 294,3 milh?es e, pela primeira vez no ano, a companhia a?rea registrou lucro operacional (descontando despesas financeiras e impostos) de R$ 61,2 milh?es.

Mas, seguindo os padr?es cont?beis brasileiros, houve preju?zo operacional de R$ 28,8 milh?es no terceiro trimestre -bem abaixo do registrado no segundo (R$ 297,3 milh?es).

No acumulado do ano, de acordo com o padr?o cont?bil americano, adotado pela Gol, o preju?zo ? de R$ 469,5 milh?es.

Receitas de R$ 1,8 bi

As receitas da Gol atingiram R$ 1,8 bilh?o, com alta de 37,2% em rela??o ao terceiro trimestre de 2007. A companhia transportou 6 milh?es de passageiros no trimestre encerrado em setembro -mais 8,7% na compara??o com o mesmo per?odo do ano passado.

J? na compara??o com os dois primeiros trimestres de 2008, houve quedas: 1,1 milh?o de passageiros a menos em rela??o ao segundo trimestre e 400 mil passageiros a menos na compara??o com o primeiro.

A taxa de ocupa??o tamb?m caiu: ficou em 60% no terceiro trimestre, contra 64,6% no segundo deste ano e 61,2% no terceiro trimestre do ano passado.

O custo por assento por quil?metro subiu 22,4% em rela??o ao terceiro trimestre de 2007, atingindo R$ 0,1742. J? o "yield" (m?dia que o passageiro paga por quil?metro voado) aumentou 24,7%, para R$ 0,27. No mesmo per?odo, o pre?o do combust?vel subiu 57%.

Ainda segundo os resultados divulgados ontem, a liquidez total da Gol somava R$ 2,4 bilh?es no dia 30 setembro, com caixa de R$ 723 milh?es e R$ 668,3 milh?es depositados com a Boeing como adiantamento para aquisi??o de aeronaves.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br