Governo fixa meta de 3,1% para crescimento das exportações

Pela projeção, o valor exportado deverá fechar o ano em US$ 264 bilhões.

O governo estabeleceu meta de crescimento de 3,1% para as exportações do país em 2012, informou nesta quinta-feira o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Alessandro Teixeira.


Governo fixa meta de 3,1% para crescimento das exportações

Pela projeção, o valor exportado deverá fechar o ano em US$ 264 bilhões. Em 2011, as vendas externas somaram US$ 256 bilhões. A meta poderia ser mais ambiciosa, mas ainda ?não está claro o comportamento da [economia] da União Europeia?, disse Teixeira.

Em 2012, o Brasil terá superávit, segundo Teixeira. Mas esse saldo positivo será menor do que no ano passado. O governo não estabeleceu previsões de valor de importações e de saldo comercial para este ano.

A projeção de aumento das exportações levou em consideração, segundo o Mdic, a recuperação no comércio com os Estados Unidos (alta de 38,2% no volume exportado), além do maior peso dos manufaturados nas exportações brasileiras.

Em fevereiro, o valor exportado foi recorde para o mês, totalizando US$ 18,028 bilhões. Em relação a bens manufaturados, cresceu 18% ante ao mesmo mês do ano passado. Nos semimanufaturados, as vendas avançaram 25,2% e nos produtos básicos, 6,6%.

Desde 2005 as exportações brasileiras no primeiro bimestre não eram puxadas por produtos industrializados, informou a secretária de Comércio Exterior, Tatiana Lacerda Prazeres. Os bens manufaturados e semimanufaturados ?tendem a ganhar destaque? no total exportado, segundo ela.

Fonte: Valor Econômico