Governo japonês emprestará US$ 5 bilhões de suas reservas a empresas em crise

O objetivo é aliviar a escassez de fundos em dólares das empresas locais

O ministério das Finanças japonês disse nesta terça-feira (3) que vai fornecer US$ 5 bilhões adicionais ao Banco do Japão para Cooperação Internacional, provenientes das reservas estrangeiras do país. O objetivo é aliviar a escassez de fundos em dólares das empresas locais, segundo anunciou o ministro Kauro Yosano.

Os fundos sairão dos cerca de US$ 1 trilhão em divisas que o Japão possui e serão distribuídos em forma de crédito através do banco japonês ainda em março.

Yosano assegurou que a ajuda é de caráter extraordinário e tem como objetivo "aliviar as condições financeiras das empresas que operam no Japão e no exterior, já que a economia poderia piorar por volta do final do ano fiscal", que termina em 31 de março, segundo informou a agência de notícias local "Kyodo".

De acordo com jornais japoneses desta terça, a Toyota foi uma das primeiras a solicitar essa ajuda. A empresa espera conseguir um empréstimo de US$ 2,06 bilhões para garantir suas operações nos Estados Unidos.

"É uma medida destinada a diversificar nossas fontes financeiras, no momento em que a situação está cada vez mais difícil no mercado internacional, especialmente nos Estados Unidos", disse o executivo da Toyota Financial Services, Mio Sugito.

Se o crédito for concedido, será o primeiro empréstimo do JBIC a um fabricante de automóveis. A Toyota, a primeira montadora do planeta, sofre com a crise em seus principais mercados, especialmente nos Estados Unidos.

Fonte: g1, www.g1.com.br