Grupo de Eike Batista vende empresa de carvão na Colômbia por US$ 125 mi

Valor seria 72% inferior ao registrado em um memorando assinado entre as companhias em outubro

Em crise, o grupo X, de Eike Batista, anunciou na segunda-feira um acordo para venda de ativos da empresa de carvão CCX na Colômbia para a turca Yildirim por US$ 125 milhões, segundo informações publicadas hoje pelo jornal O Estado de S.Paulo. O valor seria 72% inferior ao registrado em um memorando assinado entre as companhias no fim de outubro do ano passado, de US$ 450 milhões.

De acordo com a publicação, os termos da negociação não agradaram os investidores e repercutiram negativamente nas ações da companhia, que terminaram o pregão de ontem com queda de 23,21%, a R$ 0,86. O acordo inclui projetos de mineração a céu aberto Cañaverales (com 27,3 milhões de toneladas de reservas) e Papayal (com 15,6 milhões de toneladas de reservas) e o projeto de mineração subterrânea de San Juan.

Fonte: Terra