Índice que reajusta aluguéis sobe 0,07%

No mesmo período de maio, índice havia apontado deflação de 0,14%

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado para calcular o reajuste da maioria dos contratos de aluguel, avançou para 0,07% na segunda prévia de junho, informou o (Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira (23).

No mesmo período de maio, o índice havia apontado deflação de 0,14%. Na primeira medição do índice em junho, houve alta de 0,29%.

Entre os componentes, os preços do atacado medidos pelo Índice de Preços ao Atacado (IPA) apresentou deflação de 0,21%, ante queda de 0,31% no mesmo período do mês anterior.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) recuou de inflação de 0,33% na segunda prévia de maio para alta de 0,15% nesta edição da pesquisa. Influenciaram a redução os grupos de Saúde e cuidados pessoais (de 1,01% para 0,4%); Habitação (de 0,47% para 0,35%) e Alimentação ( de -0,26% para -0,36%).

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 1,72% na segunda prévia do mês, contra queda de 0,10% no mesmo período de maio.

Fonte: g1, www.g1.com.br