McCain vê piora da crise sem aprovação de pacote, e Obama prevê ""catástrofe"" nos EUA

Alterado, o pacote proposto pelo governo de George W. Bush pode ser votado na noite desta quarta

Os dois principais candidatos ? Presid?ncia dos EUA apelaram nesta quarta-feira (1) em atos de campanha para que os congressistas norte-americanos aprovem a vers?o modificada do plano de resgate da economia dos EUA. Alterado, o pacote proposto pelo governo de George W. Bush pode ser votado na noite desta quarta pelo Senado.

O candidato republicano ? John McCain, disse que aprovar um pacote modificado para resgatar a economia americano ? um "passo decisivo na dire??o certa". Segundo ele, se o plano n?o for aprovado no Senado nesta quarta, os problemas financeiros do pa?s v?o ficar "muito piores".

"Se a lei do resgate financeiro n?o passar no Congresso de novo, a presente crise vai se transformar em um desastre", disse o senador pelo Arizona durante discurso de campanha no Missouri.

"Estou confiante de que h? gente suficiente com boa vontade em ambos os partidos para ajudar a Am?rica a atravessar essa crise."

McCain, que est? voltando a Washington para votar no pacote, disse que, se ele for eleito em 4 de novembro, vai congelar os gastos p?blicos federais durante um ano por conta da crise. S? devem ficar de fora, segundo McCain, os setores de defesa nacional, o cuidado com os veteranos e algumas "prioridades cr?ticas".

Obama

O candidato democrata, Barack Obama, disse que ? "crucial" que os parlamentares aprovem o pacote de US$ 700 bilh?es de resgate da economia para prevenir uma "cat?strofe" econ?mica.

"Para os democratas e os republicanos que se opuseram a esse plano, eu digo: Aceitem a responsabilidade. Fa?am o que ? certo para o pa?s, porque a hora de agir ? agora", disse Obama em discurso em La Crosse, Wisconsin.

Obama, que ? senador democrata por Illinois, deve voltar a Washington ? noite para participar da vota??o do plano no Senado.

"Est? claro que isso ? o que devemos fazer para evitar que a crise se transforme em uma cat?strofe", disse.

Obama disse que o pa?s estaria em uma "longa e duradoura recess?o" se o plano n?o for aprovado. "Milhares de pequenas empresas podem fechar. Milh?es de empregos podem ser perdidos", disse.

Fonte: g1, www.g1.com.br