Microfranquia é opção de negócio para classe C

Empresários investem em franquias para fugir da crise

Como o índice alto de desempregono Brasil, muitas pessoas estão procurando investirno ramo de franquias como forma de driblar a crise. O ramo de seguros é um dos nichos de mercado se mantém em alta e possibilita investimento sem risco.“Apesar da crise, o mercado de seguros segue em alta,”explica Reinaldo Zanon, presidentede uma rede de franquias do ramo de seguros.

Há 47 anos no mercado, a empresa conta atualmente com 700 franquias no Brasil e trabalha com uma opção de investimento acessível (menosde R$ 25 mil), além depossibilitar que o franqueado trabalhe em casa.O formato home office requer investimento de R$ 20mil, valor que, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), é considerado microfranquia (investimentoinicial abaixo de R$80 mil). Nesse formato, o faturamento médio é de cercade R$ 8 mil brutos mensais. Ainda segundo a ABF, o segmentode microfranquias cresceu 14,7% em 2014 secomparado ao ano de 2013.“Quem sonha em administraro próprio negócio, masnão tem grande quantia para investimento, encontra nesse formato uma oportunidade. Mais da metade  nossa rede é formada por franquias home office,”complementa Zanon.

Image title


Fonte: Jornal Meio Norte