Ministro do Planejamento afirma que não é mais necessário manter a redução do IPI

Ministro do Planejamento afirma que não é mais necessário manter a redução do IPI

Imposto menor para eletrodomésticos da linha branca vale só até 31 de janeiro

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse nessa quinta-feira (28) que não vê a necessidade de ampliação do prazo de redução de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para carros flex e eletrodomésticos da linha branca.

Os incentivos à linha branca, dados pelo governo no ano passado, vencem no domingo (31). Já o imposto menor para os carros flex vale até o dia 31 de março.

- Se houver alguma coisa comprovando que é necessário manter [o imposto menor], certamente o governo vai ter sensibilidade. Eu particularmente acho que não precisa. A economia está boa, as vendas estão boas.

A redução de IPI para vários setores - automóveis, motos, caminhões, eletrodomésticos e móveis - foi uma das medidas do governo federal para estimular o consumo das famílias brasileiras e, dessa forma, reduzir o impacto da crise financeira mundial nos setores produtivos e no emprego.

Fonte: R7, www.r7.com