Morrer em Brasília pode custar até R$ 40 mil; velório tem helicóptero

Morrer em Brasília pode custar até R$ 40 mil; velório tem helicóptero

Preço de caixão chega a R$ 15 mil e até helicóptero pode ser usado em velório.

Brasília é conhecida nacionalmente pelo alto custo de vida. E até na hora da morte os preços são altos na capital federal. Levantamento aponta que os custos de um serviço funerário em Brasília variam entre R$ 500 e R$ 40.000.

O preço mais barato, encontrado em uma funerária do Sudoeste, região administrativa do Distrito Federal, sai a R$ 500 e inclui caixão, as flores que decoram a urna e o transporte do corpo até o cemitério.

Já o mais caro, orçado em R$ 40.000, possui adicionais que elevam ? e muito ? o preço do velório e enterro. Podem ser incluídos luxos como transporte do corpo feito de helicóptero, buffet de luxo durante o velório, caixão em madeira de lei com estofado em tecido nobre e sistema hidráulico de inclinação interna, limusine para transporte da família e da urna funerária, flores e até aluguel de salões nobres, em mansões, por exemplo, para a realização da cerimônia.

De acordo com o Rodrigo Amaral, gerente de um grupo especializado em serviços funerários de Brasília, os velórios luxuosos são minoria, devido ao preço.

? Realizamos cerca de dez velórios com padrão de alto luxo por ano, mas o preço de cada um pode variar, pois isso depende do desejo da família.

Para se ter uma ideia, somente para alugar uma mansão que possua um salão que comporte um grande velório, é preciso desembolsar até R$ 5.000. Dependendo da quantidade de convidados, um Buffet para servir aos convidados pode chegar a R$ 12 mil, em uma estimativa de 250 pessoas presentes à cerimônia. Caso a família queira contratar um grupo musical e dar um ar de solenidade à despedida do familiar, o luxo não sai por menos de R$ 2.000.

Já um caixão feito com madeira rara, como o jequitibá, pode chegar a custar R$ 15 mil. Uma urna com este padrão pode ter itens como estofado em tecido de luxo e até um sistema hidráulico que permite a inclinação do corpo dentro dela.

Para quem não pode gastar tanto no momento da despedida de uma pessoa querida, é possível optar por serviços mais modestos. Por R$ 1.800, dá para contratar um pacote com caixão, flores para decorar a urna, higienização do corpo e transporte para o cemitério, de acordo com uma funerária localizada na Asa Norte, região central de Brasília.

A decoração é um dos fatores que geram custos adicionais. Uma coroa de flores tradicional custa em torno de R$ 300, em Brasília.

Caso a família opte pelo serviço de cremação, o serviço sai por R$ 1.560, mas não há empresas em Brasília habilitadas para a função. A mais próxima, fica na cidade goiana de Valparaíso, no Entorno do DF.

Quanto aos custos do cemitério, no DF os preços são padronizados pela rede que administra estes locais. Segundo a empresa Campo da Esperança, responsável pela administração de seis cemitérios do DF, um túmulo simples, com espaço para um caixão, custa R$ 419. O valor inclui permissão de uso do espaço por um período de dez anos, mas pode ser renovado.

Já um jazigo permanente, onde pode ser abrigado um caixão, e que não precisa ter a permissão de uso renovada, sai por R$ 1.102. A empresa fica responsável pelos serviços de irrigação do solo, adubação, limpeza das placas de identificação e nas áreas comuns, que é gramada.

Quem contrata o serviço opcional de manutenção e conservação, tem direito a isenção do pagamento das taxas de sepultamento, locação de capela para velório, placa de identificação e praça de sepultamento, nos casos de reutilização do jazigo. A taxa opcional de manutenção é de R$ 31 mensais.

Fonte: r7