Nissan trará novo sistema híbrido, até 2011,  para os novos modelos Fuga e Infiniti M.

Nissan trará novo sistema híbrido, até 2011, para os novos modelos Fuga e Infiniti M.

Carros terão direção eletro-hidráulica e freios inteligentes.

A Nissan Motor anunciou nesta quarta-feira (21) duas novas tecnologias para veículos híbridos, chamados de ?Electro-hydraulic Power Steering sytem" e "Electric Driven Intelligent Brake?. Elas estarão disponíveis nos modelos Nissan Fuga Hybrid, que estreia no mercado japonês no terceiro trimestre, e o luxuoso Infiniti M Hybrid, programado para ser lançado em 2011 nos Estados Unidos e Europa.

Os novos sistemas são caracterizados por mecanismos simples, controlados eletronicamente.

O Electro-hydraulic Power Steering sytem (sistema eletro-hidráulico de direção) permite que o motor a combustão seja ativado somente quando o motorista está dirigindo o carro. Ele também oferece a vantagem de dois tipos de direção: a suavidade da hidráulica com a eficiência de combustível da elétrica.

Já o Electric Driven Intelligent Brake (freio elétrico inteligente) utiliza o motor elétrico do veículo para operar diretamente nos cilindros de freio. Quando o motorista pisa no pedal do freio, a força de frenagem necessária é mantida enquanto a pressão hidráulica do freio de atrito é controlada para ajudar a maximizar a regeneração de energia do motor híbrido.

Devido à sua estrutura simples, em que o motor opera diretamente nos cilindros de freio, ele poderá ser aplicado em diversos modelos híbridos. Uma evolução do sistema kers, que também regenera a energia da frenagem.

A meta da Nissan é alcançar um desempenho ambiental superior sem abrir mão do conforto na condução. O sistema de acionamento híbrido a ser utilizado no Fuga e Infiniti M híbridos consiste no conjunto do motor a gasolina, motor elétrico e uma única central inteligente de controle. De acordo com a fabricante, a alternativa permite menor consumo de combustível, com respostas rápidas e aceleração igual ou superior aos dos carros movidos a gasolina.

A pesquisa das novas tecnologias está dentro do programa Nissan Green Program 2010, que visa melhorias ambientais e eficazes nos veículos da marca.

Fonte: g1, www.g1.com.br