No norte do Piauí, excesso de chuva prejudica a safra de feijão

Preocupado com os agricultores, o Sindicato Rural disse que vai solicitar o perdão das dívidas

O município de Campo Grande fica a 350 quilômetros de Teresina, sul do Piauí, onde os agricultores estão animados com a safra de feijão.

Já na região norte do estado, a situação é oposta. No município de São Miguel do Tapuio, as famílias que sobrevivem da produção de feijão tiveram prejuízos com a safra. Na época do plantio faltou chuva e no período da colheita, choveu em excesso e o feijão apodreceu.

A situação é preocupante na região porque cerca de 600 agricultores pediram dinheiro emprestado para plantar feijão. Pelo Pronaf, cada um recebeu R$ 3 mil e agora não têm como pagar.

Preocupado com os agricultores, o Sindicato Rural disse que vai solicitar o perdão das dívidas.

A Conab e o IBGE devem divulgar nesta quarta (8) novas estimativas para a safra brasileira de grãos. Segundo o IBGE ainda é cedo para avaliar o tamanho das perdas na safra de feijão. No último levantamento, o órgão ainda apontava uma safra excelente, com crescimento significativo. Com os novos levantamentos, o IBGE espera ter um retrato mais fiel da realidade atual dos agricultores.

Fonte: G1