Obama quer plano de ajuda econômica rápido para EUA

Obama disse que os mercados financeiros estão voláteis

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu neste s?bado (15) para que os legisladores aprovem rapidamente pelo menos as bases de um novo plano de resgate econ?mico, para ajudar a revitalizar a economia do pa?s.

Em um discurso via r?dio, Obama ressaltou como exemplo o fato que os l?deres do G20 estavam em Washington neste fim de semana para procurar solu?es para os dist?rbios econ?micos que se espalharam pelo mundo.

"Estou contente que o presidente Bush iniciou esse processo, porque a nossa crise global da economia requer uma resposta global coordenada", afirmou.

"E ainda, como agimos em conjunto com outras na?es, precisamos tamb?m agir imediatamente aqui em casa para nos dedicarmos ? crise econ?mica da pr?pria Am?rica", acrescentou.

Mercados em crise

Obama disse que os mercados financeiros est?o vol?teis, os pedidos de seguro desemprego subiram ao seu maior n?vel desde os atentados de 11 de setembro de 2001, e mais postos de trabalho est?o desaparecendo.

"Perdemos empregos h? dez meses seguidos - quase 1,2 milh?o de postos neste ano, muitos deles na nossa ind?stria automobil?stica, que est? em dificuldade", afirmou. "Milh?es de nossos cidad?os ficam acordados todas as noites pensando como v?o pagar suas contas, ficar em suas casas e guardar dinheiro para a aposentadoria."

Obama disse que est? "mais esperan?oso do que nunca" de que os Estados Unidos encontrar?o um caminho para sair da crise econ?mica.

Fonte: g1, www.g1.com.br