Ovos de Páscoa chegam a custar R$ 70 nos supermercados em Teresina

Funcionários de estabelecimentos dão conta que o estoque está chegando ao fim em toda a capital e os únicos produtos à venda são os que estão no mostruário

Estacionamentos lotados, movimentação acima da média e filas homéricas definiram os supermercados de Teresina na quinta-feira (2). E nem mesmo o alto valor do ovo de Páscoa - um exemplar de 750g chega a custar nada menos que R$ 69,90 em supermercados da cidade - impediu a população de garantir o mimo.

Funcionários de estabelecimentos dão conta que o estoque está chegando ao fim em toda a capital e os únicos produtos à venda são os que estão no mostruário.

Além disso, muitos consumidores teresinenses aproveitaram o primeiro dia de folga do feriado para antecipar as compras da Semana Santa. É o caso da babá Antônia Soares, que aproveitou o primeiro instante para comprar os ítens que faltavam para o almoço de Páscoa.

"Como tenho dois filhos e alguns sobrinhos, aproveitei para comprar a lembrancinha deles, que são estes ovos de Páscoa. Apesar de ser chocolate, o preço está salgado, mas criança é fogo e não entende se não ganha o presente.

Tive que fazer um esforço para comprar quatro ovos, pois custaram quase o mesmo que uma feira, mas vale a pena ver o sorriso estampado no rosto da meninada quando recebem o presente", conta.

O esforço de pessoas como Antônia faz a alegria de quem trabalha no ramo. Apenas no período de Páscoa, as vendas de ovos, bombons e tabletes de chocolate devem aumentar aproximadamente 15%, quando comparado ao mesmo período em 2014. O mesmo vale para peixes, camarões, bacalhau e outros frutos do mar.

A representante de vendas de uma grande marca de chocolate comenta que o preço mais alto dos ovos não foi empecilho para o consumidor. "Eles reclamam que o produto está muito caro, mas acabam levando do mesmo jeito.

Vários produtos já estão esgotados e isto que está nas gôndolas é tudo o que temos. Não existe mais nada no estoque, quase tudo já foi vendido", conta.

 

Fonte: Olegário Borges