Páscoa deve ter ovos de chocolate até 8% mais caros, estimam fabricantes

Páscoa deve ter ovos de chocolate até 8% mais caros, estimam fabricantes

Apesar do aumento, empresários esperam aumentar vendas.

Entusiasmados pelo pela perspectiva de vender mais ovos de Páscoa e superar os resultados do ano passado, fabricantes brasileiros apostam em dar novos formatos a chocolates conhecidos para conquistar o público apesar dos preços ?salgados?: segundo empresas consultadas pelo G1, o consumidor deve encontrar produtos entre 3% e 8% mais caros nas prateleiras nos próximos meses.

?Os preços dos insumos subiram muito em 2009; só o da manteiga de cacau quase dobrou?, diz a vice-presidente executiva do grupo CRM, controlador das marcas Kopenhagen, Brasil Cacau e Dan Top, que estima aumento médio de 3% no valor dos produtos da linha de Páscoa 2010. Na fabricante Cacau Show, a estimativa é de que os preços fiquem entre 6% a 8% mais caros.

Apesar dos custos mais elevados - que acabam por impactar as margens de lucro das indústrias do setor ? executivos das principais fabricantes se dizem otimistas e esperam aumentar as vendas e o faturamento em relação à Páscoa de 2009. Bruno Zanetti, gerente de Páscoa da Lacta, prevê crescer mais do que o avanço de 12% registrado nesta época do ano passado.

Este ano, a empresa preparou 16 novos lançamentos que variam de R$ 5,99 a R$ 49,99. Já Gabriel Porciani, diretor de marketing de chocolates da Arcor, estima vender 10% a mais nesta Páscoa, mesmo com o aumento de 5% que os produtos da marca devem ter em média em relação ao ano passado. Stefenson Soalheiro, gerente de marketing da Cacau Show, espera expansão de 50% nas vendas e 42% só na produção de ovos. "Temos 140 lojas a mais em relação ao ano passado e a previsão é de que cheguem a 800 unidades até a Páscoa", diz.

Fonte: g1, www.g1.com.br