Perspectiva de retomada do crescimento é boa

Ben Bernanke alertou, no entanto, que há desafios à frente

A economia global parece estar a caminho da recuperação após um profundo declínio, mas a retomada tende a ser lenta e os riscos permanecem, avaliou o chairman do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Ben Bernanke, nesta sexta-feira (21).

"Após a contração acentuada do ano passado, a atividade econômica parece estar melhorando, tanto nos Estados Unidos quanto no exterior, e as perspectivas de uma retomada do crescimento no curto prazo parecem boas", destacou Bernanke em comentários preparados para conferência anual do Fed. "Apesar de termos evitado o pior, difíceis desafios continuam à frente", acrescentou, alertando que a "recuperação tende a ser relativamente lenta num primeiro momento, com o desemprego desacelerando apenas gradualmente".

Bernanke participa de uma conferência preparada pelo Federal Reserve de Kansas, que reúne autoridades graduadas de bancos centrais de todo o mundo e economistas. Bernanke avaliou que "desafios cruciais permanecem" com os mercados financeiros globais ainda enfrentando os efeitos da crise severa iniciada há dois anos. As dificuldades que as famílias e os empresários enfrentam em tomar empréstimos são outra fonte de estresse, acrescentou.

A crise ressalta a necessidade de enfrentar "urgentemente" as fraquezas estruturais do sistema financeiro, particularmente na maneira como os governos determinam regras e fiscalizam seu cumprimento, disse o chairman do Fed. Alemanha, França e Japão superaram a recessão e a economia norte-americana parece estar se estabilizando após a crise financeira devastadora e o grave declínio econômico que provocou o corte de quase 7 milhões de empregos no país.

Fonte: g1, www.g1.com.br