Petrobras anuncia descoberta de petróleo na Amazônia

A nova reserva foi confirmada após um Teste de Longa Duração (TLD) realizado no poço exploratório Igarapé Chibata.

A companhia petrolífera Petrobras anunciou nesta sexta-feira a descoberta de uma nova jazida de petróleo com capacidade para produzir 2,5 mil barris diários de óleo leve na Amazônia, onde a empresa já explora gás natural.

A nova reserva foi confirmada após um Teste de Longa Duração (TLD) realizado no poço exploratório Igarapé Chibata, perfurado em uma região do município de Tefé (AM), a 630 quilômetros da cidade de Manaus.

A jazida com petróleo de alta qualidade foi identificada após a perfuração de um poço de 3.485 quilômetros de profundidade na Bacia do Solimões e em uma concessão na qual Petrobras tem 100% de participação, informou a empresa em comunicado.

O óleo está situado a 32 quilômetros da Província Petrolífera de Urucu, onde a Petrobras explora três jazidas de gás natural que é usado para abastecer a cidade de Manaus.

Apesar da capacidade para produzir 2,5 mil barris diários, o índice é baixo em comparação a outras áreas exploradas pela empresa.

Cada um dos poços da concessão Tupi, localizados nas jazidas descobertas pela Petrobras em águas profundas do oceano Atlântico, tem capacidade para produzir 30 mil barris diários.

Contudo, a Petrobras esclareceu que se trata de "um excelente resultado levando em conta o tipo de bacia no Brasil".

A companhia acrescentou que realizará novos estudos sísmicos e de perfurações para definir a extensão da jazida, quantificar as reservas e determinar a viabilidade comercial de seu exploração.

Fonte: Terra