Petrobras divulga comunicado sobre sua saúde financeira

2012 prevê investimentos de USS 112,4 bilhões

A Petrobras divulgou hoje comunicado a respeito de sua sa?de financeira, ap?s a not?cia de que a estatal realizou um empr?stimo de R$ 2 bilh?es na Caixa Econ?mica Federal.

Segundo a companhia, seu Plano de Neg?cios 2008 - 2012 prev? investimentos de USS 112,4 bilh?es (m?dia anual de US$ 22,5 bilh?es), com necessidade de capta?es m?dias anuais de US$ 4 bilh?es. "Com uma extensa carteira de projetos e excelentes perspectivas de crescimento, a Petrobras vem aumentando fortemente seus investimentos. At? setembro, no sistema Petrobras, foram investidos US$ 20,2 bilh?es (resultados em conformidade com a legisla??o brasileira convertido pelo d?lar m?dio do per?odo), um crescimento de 32% (em d?lar) em rela??o ao mesmo per?odo do ano anterior."

A empresa diz ainda que, no curso de suas atividades operacionais e financeiras, sempre acessa os mercados de capitais e banc?rios nacionais e internacionais. "A companhia sempre analisa todas as alternativas de financiamento, buscando sempre as op?es mais adequadas ao perfil de sua d?vida, seja na parte de custos como nos prazos."

De acordo com a Petrobras, em virtude das condi?es atuais do mercado financeiro internacional e a solidez do sistema financeiro nacional, as companhias brasileiras, incluindo ela pr?pria, v?m utilizando com maior freq??ncia o mercado dom?stico para suprir suas necessidades normais de financiamentos. "Al?m disso, a evolu??o do c?mbio propicia melhores condi?es para capta?es no mercado interno, diminuindo a exposi??o da empresa a d?vidas em d?lar", diz a nota.

A estatal refor?a que seus lucros recordes no terceiro trimestre deste ano e no acumulado de 2008 de janeiro a setembro foram obtidos pelos "excelentes resultados operacionais (aumento da produ??o de ?leo e g?s natural, aumento da venda dos derivados e melhores pre?os)". Diz ainda que, at? setembro, a gera??o de caixa em suas atividades operacionais totalizou R$ 34,7 bilh?es, mais R$ 4,4 bilh?es em financiamentos l?quidos. Foram utilizados R$ 35,2 bilh?es em atividades de investimento e pagamento de R$ 6,2 bilh?es em dividendos, resultando em uma gera??o l?quida negativa de R$ 2,3 bilh?es e um caixa de R$ 10,8 bilh?es no fim de setembro. Esses valores fazem parte das demonstra?es cont?beis da companhia, arquivadas na Comiss?o de Valores Mobili?rios (CVM) e amplamente divulgadas ao mercado.

A Petrobras diz, entretanto, que parte do aumento no lucro l?quido ? reflexo da valoriza??o do d?lar. No terceiro trimestre, houve um ganho financeiro de R$ 3,5 bilh?es (varia?es cambiais sobre os ativos l?quidos expostos) contra uma perda de R$ 1,2 bilh?es no segundo trimestre de 2008, sem contudo representar maior gera??o de caixa para a companhia.

Em outubro, a empresa teve maiores gastos com impostos e taxas, com o recolhimento de mais de R$ 11,4 bilh?es no m?s passado. Parte desses pagamentos refere-se ao Imposto de Renda (IR) e Contribui??o Social sobre o Lucro L?quida (CSLL), devido ao maior lucro l?quido apurado no terceiro trimestre, e participa?es especiais calculadas com base no valor de pico do pre?o do petr?leo. O faturamento bruto mensal m?dio nos nove primeiros meses de 2008 foi de R$ 17,3 bilh?es. "? importante ressaltar que as capta?es efetuadas fazem parte do curso normal das atividades da empresa, que apresenta hoje baixos n?veis de alavancagem financeira, permitindo aumento de capta?es sem comprometer a estrutura ?tima de capital e a financiabilidade de seus projetos", afirma.

Fonte: g1, www.g1.com.br