Petrobras é a 3ª maior empresa de energia do mundo, diz estudo

Petrobras é a 3ª maior empresa de energia do mundo, diz estudo

A ExxonMobil, com valor de mercado de US$ 368,7 bilhões, ficou com a primeira posição do ranking.

A Petrobras avançou mais uma posição e passou do quarto para o terceiro lugar no ranking PFC Energy 50 - consultoria de energia com atuação junto a empresas e governos de todo o mundo. Segundo publicação, a Petrobras completou dezembro de 2010 com US$ 228,9 bilhões, à frente de gigantes como a Shell e a Chevron, que ficaram, respectivamente, na quarta e quinta posição.

A ExxonMobil, com valor de mercado de US$ 368,7 bilhões, ficou com a primeira posição do ranking. O segundo lugar ficou com a PetroChina, com valor de mercado 18% menor que a líder (US$ 303,3). A publicação divulgada nesta segunda-feira lista as maiores empresas de energia do mundo em valor de mercado.

As informações foram divulgadas pela própria Petrobras que ressalta, ainda, o fato de a consultoria PFC Energy ter destacado a "constante ascensão da Petrobras, que passou de 27º lugar, na primeira edição do ranking em 1999, para a terceira colocação em pouco mais de uma década".

"Segundo a consultoria, o valor de mercado da companhia, que era de US$ 13,5 bilhões naquele ano, cresceu a uma taxa composta de 27% ao ano. Ainda de acordo com a PFC Energy, o recuo no preço das ações da Petrobras em 2010 foi compensado pela capitalização de US$ 67 bilhões", diz a nota da estatal.

A PFC Energy publica anualmente o ranking das 50 maiores companhias de energia com ações em bolsa e tem como principal critério o desempenho no mercado de capitais. Fundada em 1984, a PFC Energy tem escritórios em Washington, Paris, Houston, Bahrain, Lausanne, Kuala Lumpur e Buenos Aires.

Confira as dez maiores empresa de energia, segundo a pesquisa:

ExxonMobil US$ 368,7 bilhões

PetroChina US$ 303,3 bilhões

Petrobras US$ 228,9 bilhões

Royal Dutch Shell US$ 207,9 bilhões

Chevron US$ 183,6 bilhões

Gazprom US$ 149,4 bilhões

BP US$ 136,3 bilhões

Total US$ 124,5 bilhões

Schlumberger US$ 113,9 bilhões

CNOOC (China National Offshore Oil Corporation) US$ 106 bilhões

Fonte: Terra