Petrobras almeja maior produção de petróleo do mundo

Informação foi dada por diretor financeiro da estatal em entrevista ao The Guardian

A Petrobras quer se tornar a maior produtora mundial de petróleo até 2015, segundo afirma o diretor financeiro da companhia, Almir Guilherme Barbassa, em uma entrevista publicada nesta terça-feira (16) pelo jornal inglês The Guardian.

- Nós vamos trabalhar duro para entregar esta meta [de se tornar o maior produtor mundial de petróleo], logo que pudermos. O nosso mercado está crescendo rapidamente, enquanto outros mercados estão estabilizados ou reduzindo. Entre 2015 e 2020, a meta poderia acontecer.

O diário destaca que as recentes descobertas do pré-sal transformaram a companhia e deixaram o Brasil como um dos líderes em energia no mundo.

Segundo Barbassa, a estatal pretende mais do que dobrar sua produção na próxima década, para 5,4 milhões de barris de petróleo e gás por dia.

O diretor diz ainda que a Petrobras será uma das maiores beneficiárias da legislação brasileira que dá a empresa uma parcela mínima de 30% sobre cada nova reserva descoberta, além do controle sobre os novos projetos.

O Guardian lembra também do processo de capitalização (venda de novas ações) que levantou mais de R$ 120 bilhões (US$ 70 bilhões), a maior oferta pública de ações do mundo, deixando o governo brasileiro com uma participação de 55%.

Reservas

O jornal relata que a companhia elevou as reservas de 11,5 bilhões de barris em 2006 para 30 bilhões de barris. Com a continuidade da exploração da camada pré-sal, observa que as reservas podem chegar a 100 bilhões de barris, no mesmo nível que a Rússia e o Kuwait.

A empresa pretende investir quase R$ 390 bilhões (US$ 224 bilhões) nos próximos cinco anos para desenvolver as novas descobertas.

O jornal relata que, segundo a AIE (Agência Internacional de Energia), somente neste ano os gasto da Petrobras devem ficar em R$ 78 bilhões (US$ 44,8 bilhões), o maior entre todas as empresas de capital aberto do mundo.

Fonte: R7, www.r7.com