Pirelli anuncia investimento de US$ 200 milhões no Brasil

Aporte permitirá aumento de 20% na produção de pneus

A fabricante de pneus Pirelli anunciou, nesta quinta-feira (2), investimentos de US$ 200 milhões no Brasil até 2011. O montante irá se somar aos US$ 100 milhões já investidos no ano passado. A empresa também comemora os 80 anos de presença industrial e comercial no país.

De acordo com o presidente mundial da Pirelli Pneus, Marco Tronchetti Provera, os novos investimentos permitirão o aumento de produção de pneus para veículos e motocicletas em 20%. Segundo ele, US$ 100 milhões do investimento total serão destinados a pesquisa e desenvolvimento.

A meta da empresa é até 2011 aumentar o faturamento em 10% sobre o resultado de 2008, quando a Pirelli na América do Sul atingiu US$ 2,1 bilhões de faturamento, sendo que US$ 1,2 bilhão veio das operações no Brasil, ou seja, 60%.

O CEO da Pirelli Itália, Franchesco Gori, ressalta que, daqui a quatro anos, quando o mundo estiver recuperado da crise o mercado estará ainda mais competitivo e muitas empresas poderão fechar. Por esse motivo, ele considera tão importante os novos investimentos na América do Sul. ?O continente representa 1/3 das vendas mundiais e 40% da capacidade produtiva, sendo uma das principais regiões exportadoras?, afirmou.

Caminhões

Embora a empresa não tenha desacelerado os investimentos, o CEO da Pireli na América do Sul, Guillermo Kelly, afirma que a empresa tem sofrido com a redução da demanda de pneus para caminhões. "No primeiro trimestre tivemos uma queda de 20% em relação ao mesmo período do ano passado e de 15% no segundo trimestre, o que indica certa recuperação", diz.

Segundo ele, a planta brasileira que mais sofre é a de Gravataí (RS), pois produz pneus para veículos comerciais e motocicletas, outro segmento que registra queda nas vendas.

Segundo Kelly, a empresa tem adotado as férias coletivas como estratégia para evitar demissões. Neste ano, a empresa demitiu 300 funcionários. "Empregamos no Brasil, atualmente, 9,6 mil pessoas."

Novos negócios

O Brasil não será o único país a receber investimentos da fabricante de pneus italiana. Marco Tronchetti Provera afirma que Rússia, África e Oriente Médio também estão no centro dos negócios. Segundo ele, a Pirelli negocia entre a Líbia e a Arábia Saudita a instalação de uma nova unidade fabril. "Estamos em negociação com os dois governos e eles apresentaram diversos benefícios. Ainda avaliamos as propostas", observa Provera.

Fonte: g1, www.g1.com.br