Preço dos peixes e ovos de Páscoa devem subir no Piauí

A proximidade da Semana Santa já faz com que produtos como peixes sofram alterações de preço

Os consumidores já estão habituados com o aumento dos preços de peixes com a proximidade da Semana Santa, e neste ano a situação não é diferente.

Comerciantes alertam para que as compras sejam feitas com antecipação, já que a tendência é que os custos ainda aumentem até semana que vem.

Os comerciantes do Mercado do Peixe de Teresina também alertam que ao fazer as compras antes da semana que vem, além de economizar, os clientes poderão fugir de situações como a falta de vagas para estacionamento e o mau atendimento, por conta da demanda de clientes. Ainda há a falta de peixes de água salgada nesta semana, mas devido ao período, ainda antes da Semana Santa, haverá reposição.

Já é costume dos católicos consumir carne branca nas quartas-feiras e sextas-feiras do período quaresmal, 40 dias antes da Páscoa, e para manter a tradição os consumidores estão dispostos a gastar um pouco mais neste período do ano. ?O preço ainda está razoável em relação ao ano passado, mas acho que vai aumentar. É típico desta época?, diz Francisco Lima, servidor público.

Segundo Francisco de Assis Mesquita, administrador do Mercado do Peixe, alguns peixes, como a pescada-amarela, provavelmente não tenham alteração de preços, já que estes já estão no limite.

Os preços já estão subindo gradativamente desde o final do mês passado. A média de custo dos peixes mais procurados são: tambaqui (de R$ 9,00 a R$ 11,00), tilápia (de R$ 10,00 a R$ 12,00), branquinho (em média R$ 12,00), piratinga (R$ 15,00 a R$ 18,00), pescada-amarela (de R$ 25,00 a R$ 30,00). Vale lembrar, que os preços estão sujeitos a variações.

Preços dos ovos devem subir

Com a grande variedade de opções de ovos de Páscoa no mercado, há também variações de preços. E a tendência é que os custos aumentem até a Semana Santa. Um dos motivos dos altos preços se deve também a inovações quanto aos brindes, o que faz grande sucesso, principalmente com o público infantil.

A média de preços é de R$ 20,00 para ovos pequenos, R$ 30,00 para ovos médios e de R$ 50,00 para os grandes. Vale lembrar, que os preços ainda são bastante variados entre um supermercado e outro, e também entre uma marca e outra, por isso, pesquisar pode ser uma boa alternativa para quem busca economizar nesta época.

Por outro lado, os católicos alertam que esse produto não tem importância nesta data, a qual é repleta de espiritualidade e proximidade com a religião, e que os ovos de Páscoa apresentam grande relevância apenas para o mercado capitalista.

?Sou católica, portanto não acho importante o ovo de Páscoa. Para mim, os ovos caseiros são ótimas alternativas, dá pra economizar bastante. Mas, minha filha fica louca quando vê tantos ovos e ainda mais quando vê os brindes. O jeito é pesquisar, visto a tamanha variação entre os preços?, diz Aline Aragão, estudante de Enfermagem.

A quase duas semanas antes do domingo de Páscoa, a procura por estes produtos ainda está fraca. Apesar da prevista subida de preços, muitos consumidores ainda esperam ser presenteados por amigos. Ainda, após a data, a tendência é que os preços caiam bastante.

Fonte: Pollyana Carvalho