Preço médio de passagem aérea no país é de R$ 272,64, diz SAC

Tendência é de queda desde 2002, diz órgão, com base em dados da Anac. 1 em cada mil passagens foi vendida acima de R$ 1.500 e 16% até R$ 100

O preço médio real das passagens no primeiro semestre deste ano foi de R$ R$ 272,64, o que mostra que "a tendência de queda nos preços se manteve no período", segundo balanço da Secretaria de Aviação Civil (SAC), com base em dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), divulgado nesta quinta-feira (29)

Segundo os dados de 2011, uma em cada mil passagens vendidas no país custou mais de R$ 1.500 e 16% delas foram vendidas abaixo de R$ 100. Em 2002, 0,07% das passagens custaram até R$ 100.

"Sobre a questão das tarifas comercializadas pelas empresas aéreas no Brasil, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) esclarece que desde a implementação do regime de liberdade tarifária no transporte aéreo brasileiro, em 2002, a evolução das tarifas praticadas pelas companhias aéreas apresentou uma significativa redução no país", diz a nota da SAC

Preço médio

A tarifa média real paga pelos passageiros foi de R$ 498,04, em 2002; e de R$ 282,67, em 2011 uma redução de 43% no período, segundo a SAC.

Quase metade das passagens (46%) em 2011 foram comercializadas por valores inferiores a R$ 200 e em 2002 7% das passagens tinham esse preço, segundo a SAC.

As passagens com preço acima de R$ 500, corresponderam a 13% das passagens comercializadas em 2011e as acima de R$ 1.000,00 representaram cerca de 1%. Em 2002, 37% das passagens foram comercializadas por valores superiores a R$ 500, sendo 6,3% acima de R$ 1.000.

Entre 2002 e 2011, a oferta de assentos pelas companhias aéreas aumentou 138% (crescimento médio de mais de 10% ao ano) e a demanda por transporte aéreo aumentou em mais de 150% (crescimento médio de 11,2% ao ano). O número anual de passageiros transportados passou de 33 milhões para 85 milhões.

Fonte: G1