Produção de grãos teve queda de 2,8%  no Piauí

Produção de grãos teve queda de 2,8% no Piauí

Um dos principais fatores que colaboraram com a redução da produtividade foi a estiagem

A produção de grãos do Piauí teve queda de 2,8% na safra 2010. O dado é apresentado pelo sétimo levantamento da safra agrícola estadual para 2010, divulgado, ontem, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O relatório detalha toda a produção de grão no Estado ao mesmo tempo que aponta todos os dados nacionais. A produção piauiense que na safra anterior registrou 1582 mil toneladas, nesta de 2010 foram contabilizados 1,537 milhão toneladas. Um dos principais fatores que colaboraram com a redução da produtividade foi a estiagem. Com a demora do início do período chuvoso, a colheita e a produção de grãos como milho, feijão e arroz foram prejudicadas. Apesar da produção ter tido uma queda ela não foi tão drástica, uma vez que a safra estadual ainda é considerada boa. Contudo ela é aproximadamente 45 mil toneladas inferior que a colhida em 2009: 1,582 mihão de toneladas, um recorde até então para a safra piauiense. Se comparado com os dados divulgados em março a queda foi de mais de 20%. Somente para esta safra a Defesa Civil estadual recebeu o decreto de situação se emergência em 91 municípios piauienses por conta da estiagem informando grandes perdas das safras, esse total de cidades corresponde a 40% de todos os municípios. Ainda assim, de acordo com os dados divulgados pela Conab, a previsão de queda da safra do Piauí foi a de menor percentual na região Nordeste, que registrou crescimento apenas nos estados do Ceará (20%) e Maranhão (14%). A maior redução foi observada na Paraíba (30,9%). Quanto às culturas plantadas no Piauí, somente a soja (21,6%) registrou previsão de crescimento na colheita para 2010. A safra da soja, por sua vez, será superior a 932 mil toneladas, o equivalente a 60% de toda a safra estadual. Já as outras culturas registraram as seguintes quedas: algodão caroço de 27,7%; algodão pluma de 31,5%; arroz de 23,9%; feijão de 36,3% e milho de 22,7%. Mesmo com a queda no Piauí o resultado para o todo o país foi o melhor da história e é 8,3% superior as 135,13 milhões de toneladas da última safra. O desempenho é também 1,6% maior que o do mês passado (143,95 milhões t) e supera o último recorde, registrado na safra 2007/08, quando houve produção de 144,14 milhões t. A pesquisa de campo foi realizada por 68 técnicos da Conab que ouviram representantes de cooperativas e sindicatos rurais, órgãos públicos e privados em todos os estados, no período de 15 a 26 de março.

Fonte: Thays Teixeira - Jornal Meio Norte