Recua a emissão de cheques sem fundo

Taxa alcançou 1,94% em setembro no país

 A inadimplência em cheques no país alcançou taxa de 1,94% em setembro, a menor desde outubro de 2008, conforme o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos, divulgado nesta sexta-feira (22). Na comparação entre setembro e agosto deste ano, o levantamento verificou queda de 1% na inadimplência com cheques.

Segundo os analistas da Serasa Experian, este decréscimo relaciona-se com a recuperação do mercado de trabalho e pelo próprio processo de reequilíbrio do fluxo de caixa das empresas. Já em relação a setembro do ano passado, apesar de o índice se aproximar de patamar pré-crise, o indicador mostrou que, em setembro deste ano, a inadimplência foi 8,4% maior.

Também foi observada alta quando o período considerado é o acumulado do ano. Entre janeiro e setembro de 2009, houve crescimento de 13,8% da inadimplência em comparação com 2008. O levantamento considera sem fundo o cheque devolvido duas vezes.

Fonte: g1, www.g1.com.br