Saiba o que encarece e o que fica mais barato no Dia das Mães

Os artigos de maquiagem registraram alta de 3,4%.

O Dia Das Mães está se aproximando e quem pretende pesentear pecisa ficar atento ao preço dos produtos, pois se por um lado as flores lideram a alta de preços, as roupas femininas ficaram mais baratas.

Image title

De acordo com levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e Boa Vista SCPC, as flores ficaram 8,9% mais caras em relação ao ano passado. A taxa é superior ao acumulado da inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que atingiu 8,13% 12 meses até março. A alta dos preços foi impactada pela alta do dólar e aumento dos custos de transporte.

O levantamento mostra que perfumes e cosméticos, também impactados pelo dólar, tiveram reajuste de preços, porém, com ímpeto mais brando. O preço dos perfumes subiu 4,8%, enquanto os artigos de maquiagem registraram alta de 3,4%. Com isso, os produtos tiveram queda real de preços em 12 meses até março.

A pesquisa também aponta que joias e bijuterias encareceram 3,8%, as sandálias, 3,2%, e as bolsas, 1,3%.

Uma opção para quem quer economizar com o presente é comprar roupa. Com o fraco desempenho das vendas, os preços tiveram queda de 0,4% no acumulado de 12 meses.

Itens mais procurados
De acordo com a Fecomercio, artigos de vestuário, calçados e acessórios devem liderar as vendas na data.  A maior parte dos consumidores da capital paulista (38,9%) pretende presentear a mãe com itens desse segmento.

Em seguida aparecem perfumes e cosméticos (14%), eletrodomésticos (7,5%), telefone celular (4%), aparelho de TV e som (2,9%) e flores (2,6%).

Preferência
O levantamento também aponta que 21,7% das mães gostariam de ser presenteadas com roupas, calçados e acessórios.


Fonte: Terra