Saque do abono salarial vai até junho

Quase 1,4 milhão de brasileiros, com direito a R$ 510, ainda não sacaram benefício

Os trabalhadores que ainda não sacaram o abono salarial receberão, nos próximos dias, cartas do Ministério do Trabalho informando sobre a disponibilidade do benefício. Segundo o governo, 1,4 milhão de trabalhadores ainda não retiraram o valor de um salário mínimo (R$ 510) a que têm direito.

O Ministério vai enviar 1 milhão de cartas sendo que 100 mil serão para os empregadores, responsáveis por informar seus funcionários sobre o direito ao benefício. As cartas irão informar que o trabalhador pode sacar o benefício e a data para fazer isso.

Este ano foram identificados aproximadamente 17 milhões de trabalhadores que têm direito ao abono. Destes, 15,5 já sacaram o benefício. O calendário para pagamento termina em 30 de junho.

O abono salarial é um benefício do Ministério do Trabalho ao trabalhador que recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais no ano anterior - ou seja, R$ 930 por mês em 2009, já que o salário mínimo da época era R$ 465.

Além disso, precisa ter cadastro no PIS (Programa de Integração Social) ou PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos e ter trabalhado com vínculo empregatício (carteira assinada) por, ao menos, 30 dias em 2009.

Fonte: R7, www.r7.com