Só ontem, Petrobras ganhou valor de 5 "Pasadenas"; veja!

Em valor de mercado, Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras ganharam 16 empresas do Ibovespa

A política entrou de vez na Bolsa em 2014. Se as pesquisas eleitorais ainda colocam Dilma Rousseff como a mais cotada para vencer a corrida presidencial, o mercado financeiro já mostrou que prefere outros candidatos ao cargo máximo da república, com a Bolsa mostrando forte alta a cada expectativa - ou confirmação - de que a atual presidente não possui o mesmo prestígio diante da população.

Embora a pesquisa de intenção de voto divulgada no último dia 19 mostrasse que Dilma manteve os mesmos 43% de intenção de votos, um novo levantamento do CNI/Ibope divulgado na última quarta-feira (26) mostrou que a aprovação da governante petista caiu de 43% para 36%, provocando uma forte reação positiva no mercado brasileiro de ações. Com isso, o Ibovespa subiu 3,50% - ou R$ 57,8 bilhões de valor de mercado -, sendo sua maior alta de 2014. As três estatais mostraram ganhos na casa entre 8% e 10%. A reação compradora vista no mercado mostra o descontentamento dos investidores perante as medidas adotadas pelo governo na economia e, principalmente, com as estatais.

Esse "mini rali" que se criou desde a semana passada na Bovespa e nas ações destas empresas nos trouxe uma infinidade de números curiosos. Um destes números está na alta de ontem da Petrobras: só na última quinta-feira, a petrolífera teve uma valorização de R$ 14,3 bilhões o que equivale a 5 refinarias Pasadena, que recentemente tomou o noticiário por conta da sua polêmica e bilionária venda para a Petrobras, aponta Tiago Reis, gestor da Set Investimentos e blogueiro do InfoMoney. Sobre o assunto, a oposição do governo anunciou ontem que conseguiu as assinaturas necessárias para instaurar uma CPI para investigar essa compra, realizada na época em que Dilma era presidente do conselho da estatal.

Outras curiosidades do recente rali da bolsa brasileira:

1. Nos últimos 9 pregões, o Ibovespa saltou quase 5 mil pontos, indo de 44.965 pontos (menor fechamento do índice desde 2009) para os atuais 49.647 pontos - o que equivale a uma alta de 10,4%. Ao todo, foram 8 dias de alta e apenas uma queda, registrada na última quarta-feira (-0,45%).

2. Desde a semana passada, Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras subiram entre 17% e 30%. Em valor de mercado, esse ganho foi de R$ 50,6 bilhões, o que equivale a:

2.1 valor de mercado das 16 empresas menos valiosas do Ibovespa: Rossi, Brookfield, Gafisa, Prumo Logística, PDG, Eletropaulo, Marfrig, Gol, MRV, Light, Hering, Energias Brasil, Dasa, ALL, Cyrela e BR Properties;

2.2 praticamente o valor de mercado 7ª empresa mais valiosa do Ibovespa, a Cielo (CIEL3, R$ 55,5 bilhões de valor de mercado);

2.3 praticamente o valor de mercado das três siderúrgicas que fazem parte do Ibovespa - CSN (CSNA3), Gerdau (GGBR4) e Usiminas (USIM3, USIM5) - e da holding de investimentos Metalúrgica Gerdau (GOAU4), que juntas respondem por um valor de R$ 53,2 bilhões.

Fonte: Ascom