TAM espera passagens aéreas mais caras a partir do 3º trimestre

Empresa encerrou primeiro trimestre com prejuízo de R$ 58 milhões

A TAM aposta em tarifas estáveis no atual trimestre, o mais fraco do ano, e uma recuperação "mais forte" no segundo semestre, com atividade mais intensa de passageiros de negócios, afirmou nesta segunda-feira (17) o presidente da companhia aérea, Líbano Barroso.

A empresa obteve ligeiro aumento de 2% no yield - indicador que representa o valor médio pago por um passageiro para voar um quilômetro - no primeiro trimestre em relação aos últimos três meses de 2009, mas na comparação anual houve queda de 12%, para 22,1 centavos de real.

"Os yields não recuperaram como esperávamos no primeiro trimestre (...) No ano passado, já tínhamos base de comparação forte enquanto vários competidores tinham posição estreante ou muito fraca", comentou Líbano.

"Estamos trabalhando para manter os yields no segundo trimestre em relação ao primeiro e nossa expectativa é de recuperação dos yields a partir de junho, com atividade mais intensa de negócios e recuperação mais forte a partir do terceiro e quarto trimestres deste ano", disse o executivo em teleconferência com analistas.

A TAM encerrou o primeiro trimestre com prejuízo líquido de R$ 58,1 milhões, após lucro de US$ 25,7 milhões um ano antes e perda de US$ 334,1 milhões nos três últimos meses de 2009. A rival mais próxima, a Gol, divulgou no início deste mês tombo anual de 62% no lucro trimestral, para R$ 23,9 milhões.

Fonte: g1, www.g1.com.br