TIM não derruba chamada telefônica de propósito, diz Anatel

TIM não derruba chamada telefônica de propósito, diz Anatel

Anatel suspeitava que a operadora estava derrubando chamadas de usuários.

A TIM informou nesta sexta-feira que um parecer final da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concluiu que a operadora não derrubou chamadas de clientes de um de seus planos de serviço de forma proposital. Segundo a Anatel, a Superintendência de Serviços Privados realizou a análise e "não é possível concluir que a Tim estaria conferindo tratamento discriminatório aos usuários do plano Infinity pré-pago", conforme comunicado publicado no site.

No ano passado, em meio a uma proibição de vendas de novos planos de telefonia móvel imposta pela Anatel a três empresas do setor, entre elas a TIM, a companhia foi citada em um relatório preliminar da Anatel que suspeitava que a operadora estava derrubando chamadas de usuários do plano Infinity. Os clientes do plano pagam por ligação e não por minuto falado.

"A esse respeito, a Anatel emitiu parecer final mostrando a inexistência de qualquer indício de queda proposital de chamada dos clientes do plano Infinity da TIM, derrubando as alegações noticiadas anteriormente", informou a operadora em comunicado.

Sobre multa aplicada à operadora por não ter atendido metas de qualidade associada à taxa de queda nas chamadas, a TIM afirmou que "irá analisar o processo para verificar os fundamentos e tomar as medidas cabíveis".

Fonte: Terra